Nesta noite, sem portugueses em campo, houve até um herói improvável: Ivanovic. O central adaptado a lateral, que substituiu o lesionado Bosingwa, marcou dois golos em duas subidas à área e empurrou a equipa para a vitória. O primeiro num canto da direita de Malouda, o outro num canto da esquerda de Lampard. Uma noite inesquecível.

Para além de Bosingwa ficaram de fora mais cinco portugueses: Hilário, Ricardo Carvalho e Deco estiveram no banco, mas não entraram em jogo. Paulo Ferreira está também lesionado e não pode ser opção, enquanto Ricardo Quaresma não pode jogar nas competições europeias, porque já o tinha feito pelo Inter na presente época.

Os golos começaram a surgir logo aos seis minutos: Fernando Torres inaugurou o marcador para o Liverpool. A formação de Rafael Benítez foi aliás bem melhor na primeira parte e podia ter aumentado a vantagem em duas ou três oportunidades. Não o fez e acabou por pagar caro: aos 39 minutos, Ivanovic empatou a partida de cabeça.

Na segunda parte, aí sim, o Chelsea foi melhor. Drogba começou por dar logo um sinal de perigo nos primeiros minutos, Torres respondeu com um remate por cima da barra e o mesmo Ivanovic concretizou as ameaças londrinas: aos 62 minutos, outra vez de cabeça passou o Chelsea para a frente. Logo a seguir, Drogba fez o terceiro da equipa.

Até ao fim, o Chelsea ainda criou mais duas boas ocasiões de golo, em remates de Drogba e Lampard. O Liverpool desorientou-se e foi incapaz de dar a volta à partida. No final só se ouviam, claro, os adeptos do Chelsea. O Liverpool está a um pequeno passo de ser outra vez eliminado pelos londrinos, como aconteceu o ano passado.

Ficha de jogo:

LIVERPOOL: Reina; Arbeloa, Carragher, Skrtel, Fábio Aurélio (Dossena, 75m); Lucas (Babel, 79m), Xabi Alonso, Gerrard; Kuyt, Torres e Riera (Benayoun, 68m).

Suplentes: Cavalieri, Hyypia, Agger, e Ngog.

CHELSEA: Cech; Ivanovic, Terry, Alex e Ashley Cole; Essien, Ballack e Lampard; Kalou, Drogba (Anelka, 79m) e Malouda.

Suplentes: Hilário, Ricardo Carvalho, Obi Mikel, Deco, Belletti e Mancienne.

GOLOS: Torres (6m), Ivanovic (39 e 62m), Drogba (67m).