A festa teve sotaque português, naturalmente. O plantel campeão inclui os portugueses Dossa Júnior, Carlitos, Jorge Monteiro, Silas, Henrique e Hugo Sousa (este último não foi utilizado até ao momento). A estes somam-se o guineense Kaby, o caboverdianos Nilson e Cafú, os angolanos Gilberto, Dedé e Marco Airosa e ainda os brasileiros Luciano Bebé e Edmar. Referência ainda para o marfinense Vouho, que também jogou no nosso país.

O AEL Limassol não era campeão do Chipre desde 1968!