[Notícia actualizada]

A Astana acabou de confirmar no seu site oficial que Lance Armstrong «fracturou a clavícula direita», na sequência da queda sofrida durante a primeira etapa da Volta a Castela e Leão, nesta segunda-feira.

A equipa do ciclista norte-americano deseja-lhe, ainda, «rápidas melhoras», sem adiantar, contudo, o tempo de recuperação, que não deve ser inferior a um mês.

A participação no Giro, a principal prova por etapas a que Lance Armstrong é candidato neste regresso à competição, aos 37 anos e depois de mais uma luta contra o cancro, pode estar em causa, uma vez que o seu início está agendado para 9 de Maio.

Recorde-se que após a queda, Lance Armstrong foi transportado a um hospital próximo para fazer exames e já no momento um porta-voz do atleta falou em suspeitas de lesão na clavícula.