O colombiano foi transportado para um hospital de Pamplona onde lhe foi diagnosticada uma fratura na clavícula direita, segundo o diretor desportivo da equipa, José Luis Arrieta, como escreve a Lusa

A queda em que esteve envolvido Quintana também «vitimou» o suíço Steve Morabito (BMC), que também abandonou a prova, num dia em que o francês Thibaut Pinot (FDJ.fr), terceiro no último Tour, desistiu igualmente.

Quintana chegou a vestir a camisola vermelha do líder da prova no domingo, mas no contrarrelógio de terça-feira (da 10ª etapa) deu  uma queda que lhe custou mais de três minutos na geral perdendo a liderança para o espanhol Alberto Contador (Tinkoff-Saxo).

O colombiano arrancou para a etapa de hoje já na 11.ª posição da geral (a 3.25 minutos do líder) queixando-se de dores no tornozelo e na anca.

Alejandro Valverde é agora o mais bem posicionado homem da Movistar na Vuelta, na segunda posição.

[artigo atualizado às 16:03]