Maisfutebol

José Gomes, adjunto de Jesualdo Ferreira, caminhou em direcção ao círculo central para manifestar o seu descontentamento por algumas avaliações da equipa de arbitragem ao longo da etapa inicial. José Lima, da equipa técnica do Sporting, também seguiu para o local e contestou as alegações do seu homólogo portista.

José Lima e José Gomes tiveram mesmo de ser separados pelos árbitros, face ao risco de confrontos físicos em pleno relvado de Alvalade. Neste contexto, os responsáveis do Sporting ordenaram que os seus jogadores esperassem à boca do túnel antes do regresso aos balneários, atitude pouco habitual entre os leões. Um dado curioso, justificando pelas confusões reportadas ao longo da presente temporada.