As 133 recomendações aprovadas não são vinculativas, mas vão ser submetidas à AG do clube. Filipe Soares Franco [presidente], Rogério Alves [presidente da AG] e Ernesto Ferreira da Silva [responsável pela organização do congresso] foram unânimes nos elogios à reunião dos leões.

«Um congresso que começa com 200 recomendações e acaba com 133 dessas recomendações aprovadas, só pode ser considerado um êxito, porque isto é demonstrativo da participação dos sócios e da profundidade da discussão dos temas», destacou Soares Franco.

O VIII Congresso Leonino reuniu 414 delegados no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém, que debateram 210 recomendações, divididos pelas secções Sócios e Adeptos (95), Desafios do Ecletismo (38), Sustentabilidade Financeira (34) e Modelo Estratégico para o Futebol (25).