A seleção da Argentina juntou-se à Colômbia de Carlos Queiroz no lote das equipas apuradas no Grupo B para os quartos de final da Copa América.

Com o portista Saravia no onze, a alviceleste venceu o Qatar de Pedro Correia por 2-0.

Lautaro Martínez inaugurou o marcador logo aos 4 minutos. O avançado da Argentina aproveitou uma oferta do defesa Alrawi no início do processo de construção do Qatar e fez o 1-0.

Apesar de ter voltado a praticar um futebol hesitante e com poucas dinâmicas, a alviceleste não só segurou a vantagem que já lhe dava o apuramento como a dilatou.

Já na reta final da partida, e depois da entrada do sportinguista Acuña, que se estreou na competição, o recém-entrado Dybala colocou em Aguero, que arrancou em velocidade para a área contrária e disparou rasteiro para o 2-0 final.

A Argentina saltou do último para o segundo lugar do Grupo B, já que o Paraguai, com o ex-benfiquista Óscar Cardozo no onze, perdeu com a Colômbia de Carlos Queiroz.

O sportinguista Cristián Borja estreou-se na Copa América com entrada direta no onze cafetero e ajudou os comandados de Queiroz a fecharem o grupo com a folha limpa: nove pontos num jogo que terminou 1-0, com golo de Gustavo Cuéllar aos 31 minutos.

A Colômbia foi quase sempre superior e dispôs de várias oportunidades para construir uma vitória mais robusta. Já na segunda parte, o árbitro do jogo recorreu por duas vezes ao VAR. Primeiro para anular um golo de Luis Díaz por ajeitar a bola com o braço; depois para retirar um penálti mal assinalado por suposta falta do mesmo Luis Díaz.

Terminado o penúltimo dia da fase de grupos da Copa América, estão apurados Colômbia, Argentina, Chile, Brasil, Venezuela, Uruguai (que na pior das hipóteses será sempre um dos melhores terceiros) e Peru, que na véspera tinha perdido com a canarinha por 5-0. Nesta segunda-feira será conhecido o nome da última seleção que falta apurar.

[artigo originalmente publicado a 23.06 às 22:01]