Portugal passou de 1.871 para 1.875 mortes por covid-19, e o número total de casos evoluiu de 64.596 para 65.021, de acordo com o boletim diário da Direção Geral da Saúde (DGS) desta terça-feira.

Nas últimas 24 horas houve então mais quatro mortes e 425 infetados, uma descida em relação aos 613 novos casos do boletim de segunda-feira, que tinha também quatro óbitos. É o dia com menos novos diagnósticos desde 8 de setembro, ou seja, há uma semana.

Todas as vítimas mortais deste relatório tinha mais de 80 anos: três homens e uma mulher.

Há agora 478 pessoas internadas, mais uma do que na véspera, sendo 59 em unidades de cuidados intensivos, menos duas do que na segunda-feira.

São mais 177 os recuperados, subindo para 44.362 o número de doentes curados desde o início da pandemia. O número casos ativos subiu para 18.784, mais 244 do que na véspera.

Duas das mortes ocorreram na região Norte, uma em Lisboa e Vale do Tejo e outra no Algarve.

Lisboa e Vale do Tejo é a região com mais novos casos: 227, o que equivale a mais de metade (53,4%) dos novos diagnósticos. O Norte tem mais 117 infetados, o Centro 51, o Alentejo 14, o Algarve 15 e os Açores mais um.