«Espero que as coisas possam correr como este ano e que possamos ser campeões, não só na liga, mas também na Liga dos Campeões. Penso que estamos no bom caminho», começou por destacar o craque do Manchester United numa breve passagem por Portugal para promover a «Declaração Universal das Novas 7 Maravilhas do Mundo» no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

Apesar de já serem companheiros na Selecção Nacional, Cristiano Ronaldo, castigado no último jogo oficial, ainda não teve oportunidade de falar com Nani sobre o United, mas garante que vai estar à espera do jovem extremo para lhe dar todo o apoio para o arranque da nova temporada. «Ainda não falei com ele, mas vou fazer tudo o que puder para ajudá-lo, não só ao Nani, mas também ao Anderson, porque não conhecem bem como funciona o clube. Oxalá tenha um êxito igual ao meu ou ainda melhor. É um excelente jogador e ali tem condições para evoluir com o grupo», acrescentou.

Cristiano Ronaldo estava de férias no Brasil, para onde vai regressar ainda este sábado, mas estará de volta a Portugal antes do próximo dia 7, dia em que vai participar na cerimónia da eleição das 7 Novas Maravilhas do Mundo, uma iniciativa que vai decorrer no Estádio da Luz e transmitida, via televisão, para todo o mundo.

Cristiano Ronaldo, como embaixador de Portugal, acabou por ser diplomático quando lhe pediram para eleger a sua «maravilha» preferida. «Tenho algumas, mas penso que o Mosteiro dos Jerónimos é a minha preferida», comentou entre sorrisos. Quanto ao futebol, também não foi difícil eleger uma das maravilhas. «Acho que tem mais de sete, uma delas é o Cristiano Ronaldo. Não vou especificar, mas o futebol é um espectáculo e tem muitas maravilhas», acrescentou novamente bem-disposto.