«É um prazer. É quase igual», destacou CR7 depois de encontrar o seu sósia, numa ação que decorreu no exterior do museu da capital espanhola. O internacional tinha tirado medidas no final do mês de maio, naquele que foi o primeiro passo para imortalizar a sua imagem em cera. Esta manhã foram muitos os visitantes do museu que aproveitaram a oportunidade para ver, não um, mas dois Cristianos Ronaldos, um de cera e outro em carne e osso. «Quase igual», como disse o craque.