Filme: Million Dollar Arm

Realizador: Craig Gillespie

Estreia: 16 de maio nos EUA

Rinku Singh nasceu na Índia, em Lucknow, filho de um camionista. Nunca na vida viu um jogo de baseball ou uma bola da mesma modalidade sequer. Naquele país, preferia lançamento do dardo. Mas um agente norte-americano com uma ideia mudou-lhe a vida. Para sempre?

A história de vida real que a Disney transformou em filme nasceu de uma ideia de Jeff Bernstein, cuja visão foi bastante semelhante à de Paulo Futre e o seu chinês para o Sporting.

A diferença é que o agente norte-americano chegou à Índia e realizou um reality show [Million Dollar Arm] com o propósito de encontrar «não o melhor futebolista chinês da atualidade», mas um indiano com capacidade para chegar ao profissionalismo dos americanos.

Ao Sports Agent Blog, Jeff Bernstein explicou: «A ideia nasceu de mim e dos meus sócios e, originalmente, foi pensada para criar o novo Yao Ming [basquetebolista chinês que atuou na NBA com sucesso]. Como se sabe, para além de Yao ter sido um grande jogador, ele foi uma força de marketing histórica pois gerou mais de mil milhões de lucros.»

O verdadeiro Jeff Bernstein [foto Million Dollar Arm]

Bernstein continuou a desenvolver o pensamento da altura: «Como empresários, sabíamos que ter alguém como Yao era o derradeiro golpe para a nossa firma. Portanto, quando pensámos na receita para tornar Yao Ming especial verificámos: primeiro atleta de um país com mais de mil milhões de habitantes a ter sucesso numa equipa profissional nos EUA; o país de onde vinha tinha um forte sentimento patriótico para com os seus atletas; os caminhos para se rentabilizar o desporto naquele país já existiam com transmissões televisivas, patrocinadores, produtos licenciados…»

O passo seguinte foi óbvio, com a China «esgotada» com a opção Yao, optaram pela Índia. «E aí, o natural seria escolher um jogador de baseball. O cricket e o baseball são mais similares do que se pensa e havia mais de cem milhões de homens, entre os 15 e os 25, que cresceram a jogar cricket…»

No filme, Bernstein é interpretado por Jon Hamm, protagonista de Mad Men. E tem a ideia de fazer o reality show enquanto assiste a uma partida de cricket, o desporto nacional indiano, numa noite.

O verdadeiro Jeff Bernstein contou também que o grande desafio foi executar o programa, adaptado do American Idol, longe dos EUA. Mas na base da identificação de talento esteve um velho ditado norte-americano: «Mostra-me um tipo que lance uma bola com força e eu ensino-o a ser um pitcher [lançador].

É isso que Rinku Singh [interpretador por Suraj Sharma , A vida de Pi] anda a aprender. Foi ele o vencedor do Million Dollar Arm verdadeiro e original e agora faz parte da organização dos Pittsburgh Pirates, ao contrário do vice-campeão do programa, Dinesh Patel também ele personagem no filme da Disney.

A história real de Rinku Singh continua. O indiano já jogou como profissional nos EUA, mas nunca na Major League Baseball – andou pelo sistema de Minor League da equipa que o contratou.

Em 2013, perdeu mesmo toda a temporada por lesão. Mas permanece ligado aos Pirates. Que o chamaram outra vez para a pré-temporada nesta primavera. O filme da Disney terá um fim. Mas esta é uma daquelas histórias que se vai poder acompanhar para lá do The End.

Desconto de tempo é uma rubrica do Maisfutebol, de Luís Pedro Ferreira. Junta desporto e cultura, sobretudo o que é novidade. Sugestões? Siga para lpferreira@mediacapital.pt