Filme: Messi

Realizador: Alex de La Iglesia 

 

Imagem do documentário

A frase do título pertence a Javier Mascherano, um jogador pouco poético e com alma dos mais duros argentinos. É também uma das muitas frases que se ouvem no trailer deste documentário sobre Lionel Messi, realizado pelo espanhol Alex de La Iglesia e com estreia agendada para depois do Mundial 2014.

A ideia de partida para o documentário foi simples. «Uma mesa em que todas as pessoas que estão implicadas na sua vida, de uma maneira ou outra, desde familiares ou colegas seus e treinadores vão estar a jantar para honrar Leo», contou Alex de La Iglesia, cuja obra teve por base o livro de Luca Caioli: «Messi, The Inside Story of the Boy Who Became Legend.»  

Pode ler excertos do livro aqui se clicar na capa do mesmo

As filmagens tiveram lugar quer em Espanha, quer na Argentina. Messi é ficcionado por um rapaz escolhido pelo realizador e chamado Juan Ignacio Martinez.

As primeiras imagens foram filmadas em Buenos Aires, em fevereiro, e depois tiveram sequência em Rosario, a cidade em Messi nasceu.

Messi no Club Grandoli de Rosario

Alex de La Iglesia garantia no início que não queria fazer algo idêntico ao que Emir Kusturica fez com Maradona: «Pelo contrário, Kusturica é um grande realizador, é um génio, eu sou um mero artesão que está a tentar fazer um documentário que descreva medianamente o que sentem as pessoas que colaboraram no seu êxito acerca do grande jogador que é Leo Messi.»

Maradona by Kusturica

Mais do que isso até, Messi é uma personagem incomparavelmente diferente de Diego fora de campo. Ainda assim, a história de La Pulga é por demais conhecida, desde os problemas de crescimento à decisão da mudança para Barcelona, com Carles Rexach a insistir na contratação e a garanti-la num guardanapo.

A tudo isto são acrescentados os testemunhos dos que cresceram com Messi, daqueles que o treinaram ou apenas dos que o veem e escrevem sobre ele. César Luis Mennoti, Iniesta, Piqué, Cruyff e Valdano, que partilha mesa com o holandês, são algumas das personalidades que entram no documentário, em jeito de tertúlia sobre o astro argentino.

O melhor é espreitar o trailer, enquanto se espera para saber se a Mediapro lança o documentário nos cinemas ou apenas na TV e se aguarda para ver se La pulga acrescenta mais um capítulo neste Mundial 2014.