O treinador do Desp. Aves considerou que a necessidade imperativa de pontuar não tem de ser encarado como uma pressão adicional.

«A pressão pontual tem de ser um fator de motivação, até porque já mostrámos que temos capacidade de ombrear com os melhores e o Moreirense, como mostra a classificação, é das melhores equipas», afirmou José Mota na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com os cónegos, agendado para esta segunda-feira.

O técnico dos avenses deixou elogios à equipa orientada por Ivo Vieira, que soma 25 pontos na Liga. «O Moreirense é um adversário extremamente difícil, que vai tentar dar continuidade aos bons resultados. É uma equipa que se organiza muito bem com espaço, mais nos jogos fora, porque em casa nem sempre é assim. O fator casa é sempre importante, mas penso que será um jogo interessante em que ambos podem vencer.»

Mota aproveitou ainda para lamentou a hora da partida (17h00), que disse não defender os interesses dos adeptos. «Tudo fizemos para que o jogo fosse às 19h00, ou a partir daí. Seria melhor, é um dérbi e todas pessoas gostavam de estar presentes. Não compreendo que não se pudesse adiar o jogo por duas horas e esperava uma certa disponibilidade dos órgãos competentes para, digamos, facilitar essa questão», rematou.