Pablo Aimar está de regresso à selecção da Argentina. As boas actuações do médio no Benfica chamaram a atenção de Diego Maradona, que o incluiu no lote de convocados para os importantes jogos frente ao Perú (10 de Outubro, Buenos Aires) e ao Uruguai (14 de Outubro, Montevideu).
O número dez do Benfica tem uma longa história na selecção da Argentina. Esteve presente nos Campeonatos do Mundo de 2002 e 2006, foi campeão mundial de sub-20 em 1997 e vestiu pela última vez a camisola azul-celeste a 15 de Julho de 2007. Nesse dia, a Argentina foi derrotada pelo Brasil na final da Copa América. No total, Aimar tem 51 internacionalizações e oito golos na selecção A.
Tal como prometera, Maradona fez várias mudanças nos eleitos e prescindiu de Fernando Gago, Javier Zanetti, Jesús Dátolo, Maxi Rodríguez, Lisandro López e Juan Pablo Carrizo. Em contrapartida, e além de Pablo Aimar, recuperou o também benfiquista Angel Di María (afastado dos últimos jogos por suspensão), Pablo Zabaleta, Gonzalo Higuaín e Emiliano Insua.
Esta lista de 18 atletas é reservada apenas a jogadores que actuam fora da Argentina.
Guarda-redes: Diego Romero (AZ Alkmaar) e Mariano Andujar (Catania);
Defesas: Fabricio Coloccini (Newcastle), Nico Pareja (Espanhol), Pablo Zabaleta (Manchester City), Emiliano Insua (Liverpool) e Gabriel Heinze (Marselha);
Médios: Jonas Gutierrez (Newcastle), Javier Mascherano (Liverpool), Angel Di Maria (Benfica), Pablo Aimar (Benfica) e Lucho Gonzalez (Marselha);
Avançados: Lionel Messi (Barcelona), Ezequiel Lavezzi (Nápoles), Carlos Tevez (Manchester City), Diego Milito (Inter), Sergio Agüero (Atletico Madrid) e Gonzalo Higuain (Real Madrid).