Paulo Bento, treinador do Sporting, em declarações à SportTv, no final da vitória (3-0) sobre o Penafiel, numa exibição outra vez cinzenta:
«Começa a ficar cíclico essas perguntas sobre o futebol bom ou mau, ou sobre a reacção dos adeptos. Foi um jogo em que ganhámos, conseguimos o nosso objectivo, agora vamos concentrar-nos no jogo de quinta-feira, para ganhar e garantir o apuramento na Liga Europa. Não me parece que seja o mais importante ver se a equipa empurrou os adeptos ou os adeptos empurraram a equipa. Importante é a análise ao jogo. Conseguimos reagir bem à perda da bola e num desses lances fizemos o primeiro golo. Não foi a exibição que todos nós pretendíamos, mas o campo estava muito difícil. Sei que não serve de desculpa, mas estou aqui há quatro anos e nunca conseguimos acertar num relvado. Não se justifica que não jogando aqui assim tantas vezes, não treinando aqui tantas vezes, o relvado não esteja em boas condições. Sei que não serve desculpa e não justifica tudo, mas complica muito as coisas porque é mais difícil jogar num relvado assim. Quem é o culpado? Eu não sou que não trato da relva.»