DESTINO 90'sé uma rubrica do Maisfutebol: recupera personagens e memórias dessa década marcante do futebol. Viagens carregadas de nostalgia e saudosismo, sempre com bom humor e imagens inesquecíveis. DESTINO: 90's.

DONIZETE: Benfica (1996/97)

horribilis





não devias ter feito isto ou aquilo









JamirDestinos












«O Amaral era muito burro»





Benfica perguntou por Renan, filho de Donizete








OUTROS DESTINOS:
1. Adbel Ghany, as memórias do Faraó de Aveiro
2. Careca, meio Eusébio meio Pelé
3. Kiki, o rapaz das tranças que o FC Porto raptou
4. Abazaj, o albanês que não aceita jantares

5. Eskilsson, o rei leão de 88 é um ás no poker
6
Baltazar, o «pichichi» desviado do Atl. Madrid
7. Emerson, nem ele acreditava que jogava aquilo tudo
8. Mapuata, o Renault 9 e «o maior escândalo de 1987»
9. Cacioli, o Lombardo que adbicou da carreira para casar por amor
10. Lula, da desconhecida Famalicão às portas da seleção portuguesa
11. Samuel, a eterna esperança do Benfica
12. Lars Eriksson, o guarda-redes que sabe que não deu alegrias
13. Wando, um incompreendido
14. Doriva, as memórias do pontapé canhão das Antas
15. Elói, fotos em Faro e jantares em casa de Pinto da Costa
16. Dinis, o Sandokan de Aveiro

17. Pedro Barny, do Boavistão e das camisolas esquisitas
18. Pingo, as saudades de um campeão do FC Porto
19. Taira, da persistência no Restelo à glória em Salamanca
20. Latapy, os penáltis com a Sampdória e as desculpas a Jokanovic
21. Marco Aurélio, memórias de quando Sousa Cintra se ria do FC Porto
22. Jorge Soares e um célebre golo de Jardel
23. Ivica Kralj e uma questão oftalmológica
24. N'Kama, o bombista zairense
25. Karoglan, em Portugal por causa da guerra
26. Ronaldo e o Benfica dos vinte reforços por época
27. Tuck, um coração entre dois emblemas
28. Tueba, ia para o Sporting, jogou no Benfica e está muito gordo
29. Krpan, o croata que não fazia amigos no FC Porto
30. Walter Paz, zero minutos no FC Porto
31. Radi, dos duelos com Maradona à pacatez de Chaves
32. Nelson Bertollazzi eliminou a Fiorentina e arrasou o dragão

33. Mangonga matou o Benfica sem saber como
34. Dino Furacão tirou um título ao Benfica e foi insultado por um taxista
35. António Carlos, o único a pôr Paulinho Santos no lugar
36. Valckx e do 3-6 que o «matou»
37. Ademir Alcântara: e a paz entre Benfica e FC Porto acabou
38. Chiquinho Conde, impedido de jogar no Benfica por Samora Machel
39. Bambo, das seleções jovens a designer de moda em Leeds
40. Iliev, sonhos na Luz desfeitos por Manuel José
41. Panduru, num Benfica onde era impossível jogar bem
42. Missé Missé, transformado em egoísta no Sporting
43. Edmilson: Amunike e Dani taparam-lhe entrada num grande
44. Jamir: «Gostava de ter dado mais ao Benfica»