O Conselho de Disciplina da FPF condenou o Benfica a indemnizar o Sporting em quase quatro mil euros, pelos danos causados pelos adeptos da águia em Alvalade.

A multa diz respeito ao dérbi realizado a 21 de novembro de 2015 no estádio leonino. Nessa partida, relativa à Taça de Portugal, o Sporting venceu 2-1 e eliminou as águias da prova.

O acórdão foi aprovado por unanimidade e refere o seguinte:

«Cada clube é responsável pelas alterações da ordem e da disciplina e pelos danos causados pelos seus sócios, simpatizantes, adeptos e espectadores, quando ocorram antes, durante ou depois de jogos oficiais no complexo e recintos desportivos.»

De acordo com o CD, os adeptos do Benfica destruíram «36 cadeiras, dois dispensadores de papel higiénico e uma saboneteira de acrílico», no valor total de 3.369,32 euros.

O Sporting reclamava 5.458,39 euros, alegando a existência de outros danos não identificados na vistoria pós-jogo.