Maisfutebol

Costa Rica: o guia

1
Costa Rica (AP)

O PLANO

A Costa Rica experienciou um antes e um depois com a chegada do colombiano Luis Fernando Suárez. O selecionador assumiu a meio de 2021 e, mesmo sem tempo, fez o que ninguém esperava: a meio da qualificação avançou com uma mudança geracional.

Suárez estreou 22 jogadores em 15 meses, 11 dos quais em jogos de qualificação. Alinhou 77 jogadores diferentes neste período.

O seu início não foi fácil, sendo eliminado nos quartos de final da Gold Cup 2021 pelo Canadá, enquanto que, no caminho para o Qatar, somou apenas seis pontos em 21 possíveis na primeira ronda.

Foi nas derrotas frente a Canadá e Estados Unidos, ambas fora, que a sua mão foi vista. Jogadores com idades compreendidas entre 17 e 20 anos, incluindo Jewison Benette, ganharam o seu lugar, e a Costa Rica recuperou aí: 19 de 21 pontos possíveis.

Já nos play-offs, a Costa Rica derrotou a Nova Zelândia com a sua imagem de marca: organização defensiva, um bloco muito compacto e uma linha de quatro com o guarda-redes a segurar.

A Costa Rica não marca muitos golos (13 em 14 jogos de qualificação), sendo a sua virtude a fase defensiva (8 golos sofridos). Com Keylor Navas a salvador e líder, e Óscar Duarte e Francisco Calvo como centrais que coordenam a defesa.

As transições rápidas caracterizam a equipa, e aí têm jogadores que guardam muito bem a bola como Celso Borges ou Joel Campbell, bem como exemplos mais explosivos como Jewison Bennette ou Anthony Contreras.

A realidade é que a 'Tricolor' mudou muito, e os jogadores falam inclusive em atingir algo histórico no Qatar. «Queremos ir ao Mundial para sermos campeões. Muitos vão dizer que somos loucos», disse Kendall Waston.

2
Luis Fernando Suárez (AP)

O SELECIONADOR: LUIS FERNANDO SUÁREZ

Tem 62 anos e é um antigo futebolista da Colômbia. Entre as suas principais conquistas está a presença num terceiro Mundial, e todos com seleções diferentes.

Qualificou o Equador para o Alemanha2006 e chegou aos «oitavos», para depois apurar as Honduras para o Brasil2014, ficando pela fase de grupos. Com a Costa Rica montou uma revolução e ganhou a ida ao Mundial através dos play-offs, o que lhe valeu a renovação de contrato até 2026.

O estratega define-se como um viciado em Mundiais. Aposta num bloco de quatro defesas, que prioriza a organização e o fechar dos espaços. É apaixonado por dar espaço a novos talentos.

3
Keylor Navas (AP)

ESTRELA: KEYLOR NAVAS

Aos 35 anos ainda é a grande figura da Costa Rica. O guarda-redes que venceu três Ligas dos Campeões pelo Real Madrid, como titular, perdeu espaço no PSG, na segunda metade de 2022. Ainda assim foi decisivo na fase de qualificação da Costa Rica e é o líder da seleção, dentro e fora de campo. Apesar da inatividade no PSG, tem feito boas exibições na seleção.

4
Francisco Calvo (AP)

HERÓI DISCRETO: FRANCISCO CALVO

O central chega ao Qatar sem que a ribalta lhe caia em cima, mas é o líder de uma defesa que só sofreu oitp golos na qualificação. Calvo jogou 13 dos 14 jogos da fase de qualificação da CONCACAF, como titular, e foi o jogador que mais minutos somou antes do Mundial. Em 2022 trocou a MLS pelos turcos do Konyaspor, onde também tem sido indiscutível.

5
Genéricas Maisfutebol

ONZE PROVÁVEL

4x5x1

Keylor Navas - Carlos Martínez - Francisco Calvo - Óscar Duarte - Bryan Oviedo - Celso Borges - Yeltsin Tejeda - Jewison Bennette - Gerson Torres - Joel Campbell - Anthony Contreras.

6
Estádio Lusail

POSIÇÃO SOBRE O QATAR

Não há uma posição da seleção da Costa Rica sobre a situação no Qatar. Nem líderes, nem jogadores ou staff falaram sobre as controvérsias em que o Mundial está envolvido, tal como a questão dos direitos humanos, as condições dos trabalhadores migrantes ou os protestos neste Mundial atípico.

7
Costa Rica (AP)

HINO NACIONAL

O hino nacional da Costa foi adotado em 1852. A música foi composta por Manuel María Gutiérrez e as letras escritas por María Zeledón Brenes. Um dos trechos mais significantes é o seguinte: «Salve, nação! O teu solo pródigo, doce refúgio e sustento nos dês, sob o azul límpido do teu céu, vida longa ao trabalho e à paz!». Nele, é sublinhado o amor ao país, tal como a dedicação ao trabalho e o espírito pacífico dos Ticos, que não têm sequer exército no país.

8
Bryan Ruiz

LENDA DE CULTO: PAUL WANCHOPE E BRYAN RUIZ

Dois nomes devem ser mencionados: Paulo César Wanchope e Bryan Ruiz. Pela seleção, Wanchope tem três golos em Mundiais, dois deles frente à Alemanha, no jogo de abertura do Mundial 2006. No que toca a Bryan Ruiz (na foto), ex-Sporting, é o jogador com mais jogos como capitão da Costa Rica em Mundiais, com oito no total, e o Qatar 2022 vai marcar a sua retirada. Ruiz não foi apenas capitão no maior feito dos costarriquenhos, a chegada aos quartos de final no Brasil 2014, como também marcou a Itália, na vitória por 1-0, e também contra a Grécia, nos oitavos de final.

 

Textos de Esteban Valverde e Cristian Brenes, que escrevem para o La Nacíon.

 

Maisfutebol
Boavista: a mesma luta 7 ago 2023, 11:00
Croácia: os jogadores 18 nov 2022, 16:13
Sérvia: os jogadores 17 nov 2022, 16:34
Bélgica: os jogadores 17 nov 2022, 15:08
Suíça: os jogadores 16 nov 2022, 13:36
Camarões: os jogadores 15 nov 2022, 15:46
EUA: os jogadores 15 nov 2022, 00:38
Irão: os jogadores 14 nov 2022, 23:24
Uruguai: o guia 11 nov 2022, 18:42
Gana: o guia 11 nov 2022, 15:09
Brasil: o guia 10 nov 2022, 21:39
Qatar: o guia 7 nov 2022, 10:43
Portugal: os jogadores 2 nov 2022, 00:32
Portugal: o guia 1 nov 2022, 23:42
Alemanha: o guia 25 jun 2022, 00:45
Bélgica: o guia 25 jun 2022, 00:00
Dinamarca: o guia 24 jun 2022, 23:55
Irlanda do Norte: o guia 24 jun 2022, 16:02
Áustria: o guia 24 jun 2022, 14:13
França: o guia 24 jun 2022, 00:00
Países Baixos: o guia 23 jun 2022, 23:24
Portugal: o guia 23 jun 2022, 20:41
Inglaterra: o guia 23 jun 2022, 11:38
Suécia: o guia 23 jun 2022, 00:00
Suíça: o guia 23 jun 2022, 00:00
Itália: as jogadoras 22 jun 2022, 20:04
Suíça: as jogadoras 21 jun 2022, 23:28
Bélgica: as jogadoras 21 jun 2022, 23:17
Noruega: as jogadoras 20 jun 2022, 23:35
França: as jogadoras 20 jun 2022, 14:32
Dinamarca: as jogadoras 19 jun 2022, 22:20
Suécia: as jogadoras 17 jun 2022, 00:10
Islândia: as jogadoras 16 jun 2022, 23:17
Finlândia: as jogadoras 16 jun 2022, 15:14
Inglaterra: as jogadoras 16 jun 2022, 01:24
Portugal: as jogadoras 31 mai 2022, 18:34
Polónia: a análise 11 jun 2021, 23:48
França: a análise 11 jun 2021, 13:53
Eslováquia: a análise 11 jun 2021, 00:00
Espanha: a análise 11 jun 2021, 00:00
Escócia: a análise 10 jun 2021, 22:40
Croácia: a análise 10 jun 2021, 22:39
Inglaterra: a análise 10 jun 2021, 22:39
Portugal: a análise 10 jun 2021, 22:01
Suécia: a análise 10 jun 2021, 21:14
Ucrânia: a análise 10 jun 2021, 01:20
Áustria: a análise 10 jun 2021, 01:19
Rússia: a análise 9 jun 2021, 00:11
Finlândia: a análise 9 jun 2021, 00:10
Suíça: a análise 8 jun 2021, 00:11
Turquia: a análise 8 jun 2021, 00:11
Finlândia 7 jun 2021, 00:24
Escócia 7 jun 2021, 00:23
Suíça 7 jun 2021, 00:23
Suécia 7 jun 2021, 00:23
Dinamarca 7 jun 2021, 00:23
Espanha 7 jun 2021, 00:22
Ucrânia 7 jun 2021, 00:22
Itália 7 jun 2021, 00:22
Países Baixos 7 jun 2021, 00:22
Bélgica 7 jun 2021, 00:21
Turquia 7 jun 2021, 00:21
País de Gales 7 jun 2021, 00:20
Macedónia do Norte 7 jun 2021, 00:20
Rep. Checa 7 jun 2021, 00:20
Polónia 7 jun 2021, 00:20
Croácia 7 jun 2021, 00:19
Áustria 7 jun 2021, 00:19
Hungria 7 jun 2021, 00:19
Rússia 7 jun 2021, 00:19
Alemanha 7 jun 2021, 00:18
Eslováquia 7 jun 2021, 00:18
Inglaterra 7 jun 2021, 00:18
França 7 jun 2021, 00:17
Portugal 20 mai 2021, 23:45
100 anos do Sp. Braga 18 jan 2021, 23:51