Maisfutebol

Apresentação da Liga 2021/22

1
Sporting-Sp. Braga

Campeão tenta repetir façanha com 67 anos

O Sporting vai entrar nesta edição como campeão em título (19 anos depois) e a tentar alcançar um feito com 67 anos: a última vez que os leões foram bicampeões nacionais foi na época 1953/54.

2
Vizela

Vizela a contrastar com os três grandes

O Vizela é o clube com menos participações na I Liga. Vai para a segunda, depois da estreia em 1984/85. Os minhotos são um dos três recém-promovidos, a par de Estoril e Arouca, e estão de volta ao fim de 36 anos. Os únicos totalistas nas 87 edições são os três grandes: Benfica, FC Porto e Sporting.

3
Sp. Braga-V. Guimarães (Lusa)

Um terço da Liga sediada no Minho

O Minho, mais concretamente o distrito (e associação de futebol) de Braga, é a região mais representada na Liga, com um terço dos clubes: Sp. Braga, V. Guimarães, Famalicão, Gil Vicente, Moreirense e Vizela. Seguem-se as associações de futebol de Lisboa (quatro representantes) e do Porto (três). Aveiro, Viseu, Algarve, Madeira e Açores têm um cada.

4
Sp. Braga-Marselha (Lusa)

Benjamim Roger ameaça Essugo

O mais jovem jogador inscrito na Liga é Roger Fernandes, que tem 15 anos. O extremo do Sp. Braga faz 16 em novembro e pode bater o recorde jogador mais novo de sempre a atuar na I Liga. Esse registo pertence desde março a Dario Essugo: em março deste ano, o médio do Sporting tornou-se no maior benjamim a jogar na I Liga, com 16 anos e uma semana.

5
FC Porto-Benfica: Pepe e Darwin (LUSA)

Bracali bate Pepe como o mais veterano

O jogador mais velho da Liga é Rafael Bracali, guarda-redes brasileiro do Boavista, com 40 anos. Segue-se Pepe: o defesa-central do FC Porto tem 38 anos e é o mais veterano entre os jogadores de campo, à frente de Ricardo Quaresma, do V. Guimarães, com 37.

6
Benfica-Lille

Pizzi no topo dos goleadores no ativo

Campeão pelo Sporting, Pedro Gonçalves foi o melhor marcador na última temporada (23 golos), mas os jogadores em atividade na Liga que marcaram mais golos no total são do rival Benfica: Pizzi (73), Seferovic (54) e Rafa Silva (47) são o primeiro, segundo e quarto melhores goleadores, respetivamente. Pelo meio está Ricardo Horta, do Sp. Braga, com 53.

7
Silvestre Varela (FC Porto)

Pizzi e Varela nos mais utilizados

Além de ser o melhor marcador, o médio do Benfica Pizzi é também aquele que tem mais jogos entre os jogadores em atividade na Liga: ao todo são 264. Silvestre Varela tem 268, mas está inscrito na equipa B dos portistas, podendo ainda assim ser chamado à formação principal.

8
Roman Yaremchuk (foto Benfica)

Yaremchuk: o mais caro do defeso

O avançado Roman Yaremchuk foi, até ao momento, a contratação mais cara desta edição da Liga. O internacional ucraniano deixou os belgas do Gent e custou 17 milhões de euros aos cofres do Benfica. A segunda maior contratação foi o extremo brasileiro Pepê, que deixou o Grémio para reforçar o FC Porto a troco de 15 milhões de euro. Segue-se Soualiho Meïté, médio defensivo ex-Torino, que custou seis milhões de euros ao Benfica.

9
Benfica-Lille

Benfica: o único plantel acima dos 300 milhões

O Benfica tem o plantel mais valioso da Liga, de acordo com o site especializado Transfermarkt, seguido de FC Porto e Sporting. Os encarnados estão avaliados em 323,3 milhões, à frente dos dragões, com 282,9 milhões, e do campeão nacional, 233,6 milhões. A larga distância fica o Sp. Braga (125,6 milhões), o V. Guimarães (51,7 milhões) e o Famalicão (31,9 milhões). O plantel mais barato é o do recém-promovido Arouca: avaliado em 6,8 milhões.

10
Nuno Mendes no Moreirense-Sporting (José Coelho/LUSA)

Nuno Mendes: o mais valioso

O jogador mais valioso da I Liga é Nuno Mendes. O lateral esquerdo do Sporting está avaliado em 40 milhões de euros, pelo site especializado Transfermarkt, e é seguido por três portistas: Corona (30 milhões), Luis Díaz (25 milhões) e Otávio (24 milhões). Segue-se o benfiquista Rafa Silva (23 milhões) a fechar o top-5.

Maisfutebol
Finlândia 7 jun, 00:24
Suíça 7 jun, 00:23
Suécia 7 jun, 00:23
Escócia 7 jun, 00:23
Dinamarca 7 jun, 00:23
Espanha 7 jun, 00:22
Ucrânia 7 jun, 00:22
Itália 7 jun, 00:22
Países Baixos 7 jun, 00:22
Turquia 7 jun, 00:21
Bélgica 7 jun, 00:21
País de Gales 7 jun, 00:20
Rep. Checa 7 jun, 00:20
Polónia 7 jun, 00:20
Áustria 7 jun, 00:19
Croácia 7 jun, 00:19
Hungria 7 jun, 00:19
Rússia 7 jun, 00:19
Alemanha 7 jun, 00:18
Eslováquia 7 jun, 00:18
Inglaterra 7 jun, 00:18
França 7 jun, 00:17
Portugal 20 mai, 23:45