Maisfutebol

Turquia

1
Mert Gunok (instagram)

Mert Gunok

Clube: Basaksehir

Data de Nascimento: 01.03.1989

Jogou basquetebol no Fenerbahçe antes de trocar de desporto. Será que isso o ajudou a tornar-se guarda-redes? «Boa pergunta. Mas por vezes penso que teria tido mais impacto se tivesse começado como guarda-redes e depois tivesse mudado para o basquetebol», diz o próprio. É uma opção mais experiente para ocupar a baliza do que os seus colegas mais jovens, embora tenha problemas a jogar com os pés. Gosta de encorajar novos guarda-redes, pelo que, no ano passado, para assinalar o Dia Nacional da Soberania e o Dia da Criança, decidiu doar luvas a cem escolas.

2
Zeki Celik (instagram)

Zeki Celik

Clube: Lille

Data de Nascimento: 17.02.1997

Mais um exemplo do crescente número de jogadores da seleção que nunca passaram pela Liga turca. Foi contratado pelo Lille enquanto jogava no Istambulspor e instalou-se na Liga francesa com relativa facilidade. Fã do Pokemón, diz ter aprendido inglês a ver o desenho animado. Passou a maior parte do confinamento a jogar na FIFA: «Adoro. Acho que joguei durante 45 dias seguidos quando a liga foi suspensa». Diz ter Kyle Walker, Thomas Meunier e Maicon como referências, e também apreciar as qualidades ofensivas de Dani Alves.

3
Merih Demiral (instagram)

Merih Demiral

Clube: Juventus

Data de Nascimento: 5.03.1998

Veste a camisa 28 da Juventus em memória da mãe, que morreu a 28 de Dezembro de 2012, quando Merih tinha apenas 14 anos. O jovem defesa central teve uma educação muito dura, mas transformou a adversidade em força mental. Alto, hábil e agressivo, é um jogador que encanta aqueles que apreciam a arte de defender: um monstro a defender, cheio de qualidades de liderança. O antigo jogador do Sporting é daqueles que cerram o punho após um carrinho perfeito. Tem sido associado a Everton e Tottenham.

4
Çağlar Söyüncü (twitter Leicester)

Caglar Soyuncu

Clube: Leicester City

Data de Nascimento: 23.05.1996

Em Altinordu chamavam-lhe “a máquina”. O herói turco de queixo vincado fez mais uma boa época ao serviço do Leicester, e deve despertar novamente as atenções este verão. Em criança inspirava-se em Rooney - «eu jogava como avançado e ele era o meu ídolo» -, e não tem vergonha de mostrar habilidade no trabalho defensivo. «Não estou preocupado em entreter ninguém, só em fazer o meu trabalho, mas se for preciso algum atributo técnico… Algumas pessoas podem pensar que é arriscado, mas há momentos em que tens de rodar à Cruyff. Passa sempre por tomar a opção certa no momento certo», diz Soyuncu, que considera que ter passado dois anos na dureza do futebol amador turco o preparou mentalmente para o mundo profissional: «Moldou o meu carácter. Tornou-me naquilo que sou.»

Conheça melhor Caglar Soyuncu.

5
Okay Yokuslu (AP)

Okay Yokuslu

Clube: Celta Vigo

Data de Nascimento: 09.03.1994

Recrutado ao Celta de Vigo em janeiro, por empréstimo, conquistou os adeptos do West Bromwich Albion. É um médio defensivo subestimado, mas muito habilidoso com a bola nos pés, apesar de ter 1,91 metros de altura. «Sou o jogador que chamas quando precisas que o trabalho seja feito. Adoro pressão», diz. Faz, muitas vezes, aquele trabalho sujo que não dá nas vistas, mas não conseguiu evitar a despromoção do WBA. «Demos luta, mas infelizmente não conseguimos atingir o objetivo. Gostaria de agradecer aos meus colegas de equipa, aos treinadores, ao pessoal do clube e, mais importante ainda, aos fantásticos adeptos. Estabelecemos uma forte ligação, num curto espaço de tempo», referiu.

6
Ozan Tufan (AP)

Ozan Tufan

Clube: Fenerbahçe

Data de Nascimento: 23.03.1995

O brincalhão do grupo. Um tanto ou quanto convencido, na juventude, era falado pelos “likes” e comentários que deixava nas publicações de instagram de modelos conhecidas, ou mesmo pelas mensagens diretas (DM). Chegou a personalizar a matrícula do carro precisamente com essas duas letras, tal era a fama.

No Euro 2016 tornou-se um alvo das críticas dos adeptos após a derrota com a Croácia, na fase de grupos, já que as repetições do golo de Modric mostraram-no mais preocupado em ajeitar o cabelo do que em bloquear o remate.

Desde então o médio “box-to-box” tem estado mais calmo, verdadeiramente focado no seu futebol, e é um jogador a ter em conta no Europeu.

7
Cengiz Under (AP)

Cengiz Under

Clube: Roma

Data de Nascimento: 14.07.1997

Foi colega de quarto de Caglar Soyuncu na reputada academia do Altinordu, e quando se mudou para Roma era a estrela da Turquia, mas desde então Soyuncu tem vindo a dominar os holofotes.

A evolução do extremo estagnou nas duas últimas épocas, em parte devido a lesões. Nos bons dias continua a ser um jogador fantástico para seguir, com capacidade de explosão, sem medo de encarar os defesas, e sempre capaz de soltar um tiro de longe. Mas a consistência, bem como a forma física, têm sido um problema: foi emprestado ao Leicester em setembro e teve pouco impacto no emblema inglês. Na próxima época deve voltar à Roma, sob o comando de José Mourinho.

8
Dorukhan Tokoz (instagram)

Dorukhan Tokoz

Clube: Besiktas

Data de Nascimento: 21.05.1996

Inclusão tardia na lista, teve o lugar em risco por causa de lesões graves. Trabalhou para regressar à equipa do Besiktas, contribuindo para a “dobradinha”, e fez mais do que suficiente para provar a aptidão física e o valor. É um médio “box-to-box”, trabalhador, provavelmente será a alternativa a Ozan Tufan.

Foi associado ao Arsenal e ao Liverpool em 2019, e continua no radar de olheiros de toda a Europa, até porque está em final de contrato com o Besiktas.

9
Kenan Karaman  (AP)

Kenan Karaman

Clube: Fortuna Dusseldorf

Data de Nascimento: 05.03.1994

Nascido na Alemanha, é um avançado trabalhador que encaixa no sistema de Senol Gunes, na medida em que acrescenta presença física ao ataque.

Passou quatro meses a combater uma pneumonia antes do coronavírus espalhar-se pela Europa. «Fiquei em muito mau estado. Os meus pulmões estavam inflamados», referiu, na altura. Em abril testou positivo à covid-19, mas conseguiu recuperar totalmente. No passado mês de janeiro foi associado ao Wolverhampton.

10
Hakan Calhanoglu (AP)

Hakan Calhanoglu

Clube: AC Milan

Data de Nascimento: 08.02.1994

Outrora um mestre na cobrança de livres diretos, pode ter um perdido um pouco da magia nas bolas paradas, mas compensou noutras vertentes. É um jogador mais completo, hoje em dia.

Em 2013 viu o colega de equipa Gokhan Tore entrar-lhe pelo quarto, durante o estágio, acompanhado com um homem armado que procurava um amigo de Omer Toprak, colega de quarto de Hakan. Tudo por causa da disputa por uma (ex-)namorada.

«Ele andava à procura do amigo do Omer, que estava no quarto connosco. Não tínhamos nada a ver com aquilo, só estávamos no local errado à hora errada. Agora rimos da situação, mas na altura não tínhamos vontade nenhuma de rir.»

Felizmente a seleção turca é agora um espaço muito mais calmo.

11
Yusuf Yazici (AP)

Yusuf Yazici

Clube: Lille

Data de Nascimento: 29.01.1997

É o responsável por iniciar a tendência do rabo de cavalo. A Turquia vai ter vários, no Europeu. Natural de Trabzon, costumava passar os verões a trabalhar como pastor para a avó. Agora aparece nas capas das revistas, não só pela aparência de modelo, mas também por se ter tornado uma estrela do Lille.

12
Altay Bayindir (instagram)

Altay Bayindir

Clube: Fenerbahçe

Data de Nascimento: 14.04.1998

Tem protagonizado uma ascensão meteórica: do futebol amador a dono da baliza do Fenerbahce em três anos. Muito promissor, destaca-se pela segurança, mas também pela inteligência, tanto a jogar com os pés como a ler os avançados, algo que terá retirado do futebol de rua. «Jogava sempre no ataque, mas depois de marcar ia para a baliza defender a vantagem, pois era o rapaz mais alto», explicou. Tem sido apontado à Premier League, com Newcastle, Crystal Palace e Aston Villa entre os interessados.

13
Umut Meras (AP)

Umut Meras

Clube: Le Havre

Data de Nascimento: 20.12.1995

Se o leque de opções defensivas da Turquia tem um ponto fraco, é, sem dúvida, alguma falta de profundidade nas opções para o lado esquerdo. Meras joga no segundo escalão de França, com a camisola do Le Havre, e embora não seja uma opção conceituada a nível internacional, é um jogador trabalhador e geralmente fiável. Só não o podem é deixar ficar com fome: «A minha pior característica é o meu comportamento quando estou com fome. Só não sou eu nessa circunstância», reconhece.

14
Taylan Antalyali (Instagram)

Taylan Antalyali

Clube: Galatasaray

Data de Nascimento: 08.01.1995

É um médio para construir jogo a partir de zonas recuadas, o que dá soluções diferentes ao selecionador, Senol Gunes, se for preciso mudar o plano.

É pouco provável que seja titular, mas é trabalhador, disciplinado, e pode causar impacto se for lançado no jogo. Não esperem é fogo de artifício da parte dele.

Em 2019 trocou o BB Erzumspor pelo Galatasaray, com um contrato de quatro anos, e o ano passado protagonizou um grande momento, ao conhecer o ídolo após o jogo com o Glasgow Rangers. «Estou muito contente e entusiasmado por conhecer o Steven Gerrard. Ele assinou a minha camisola, pois sabia da minha admiração por ele. Agradeci-lhe, e ele disse algumas coisas simpáticas, mas ficam para mim. A camisola foi emoldurada e está em casa, no meu quarto», revelou depois.

15
Ozan Kabak (AP)

Ozan Kabak

Clube: Liverpool

Data de Nascimento: 25.03.2000

No final de 2018 exibia orgulhosamente no Instagram uma camisa do Liverpool, autografada por Van Dijk: «É o meu ídolo». Agora jogam na mesma equipa. «É incrível, claro», diz Kabak. «Ele é muito bom no que faz: um tipo verdadeiramente experiente, que conhece o futebol, e dá-me dicas sobre mentalidade, sobre como jogamos, ou sobre o que eu preciso de fazer». Apesar da juventude, Kabak já conseguiu jogar regularmente em equipas como Galatasaray, Estugarda, Schalke ou Liverpool, mas chega ao Europeu sabendo que não tem um lugar garantido. O que só mostra quão forte é esta defesa turca.

16
Enes Unal (instagram)

Enes Unal

Clube: Getafe

Data de Nascimento: 10.05.1997

Foi o jogador mais jovem de sempre a marcar na Liga turca, em 2013. Tinha então 16 anos apenas, e jogava no Bursaspor. Foi contratado pelo Manchester City aos 18 anos, mas a pressão revelou-se demasiada: após vários empréstimos acabou por deixar o clube inglês em 2017. Ainda assim continua a ser um avançado sólido e conquistou um lugar no Europeu. «É o meu sonho. Uma Liga dos Campeões é uma coisa muito boa, claro, mas ir com a seleção a um Campeonato Europeu ou a um Campeonato do Mundo, isso é outra coisa», afirmou o ano passado. Fora do campo é viciado em livros: «Li vários ao mesmo tempo. Tirando isso não posso dizer que faça muito mais.»

17
Burak Yilmaz (AP)

Burak Yilmaz

Clube: Lille

Data de Nascimento:15.07.1985

O Lille teve mais internacionais turcos, esta época, do que qualquer equipa da Liga turca. E Yilmaz, experiente avançado de 35 anos, está a envelhecer como um bom vinho. Em grande forma na Ligue 1 durante toda a época, também transportou a veia goleada para o plano internacional.

Não lhe chamam "Kral" (Rei) sem motivo. É o único jogador da seleção que jogou pelos quatro “grandes”: Besiktas, Fenerbahce, Galatasaray e Trabzonspor. Foi nomeado para a equipa ideal da Ligue 1, ao lado de Kylian Mbappé, Neymar, Wissam Ben Yedder e Memphis Depay.

18
Ridvan Yilmaz (Instagram)

Ridvan Yilmaz

Clube: Besiktas

Data de Nascimento: 21.05.2001

Uma das revelações da Liga turca em 2020/21. A excelente forma exibida no Besiktas, aliada à falta de soluções de qualidade para o lado esquerdo da defesa, levaram Senol Gunes a convocá-lo, apesar da falta de experiência. O selecionador classificou-o como um «jogador rápido e talentoso», e embora não seja provável que se torne a primeira opção, esta experiência será um grande benefício para o futuro.

19
Orkun Kokcu (Instagram)

Orkun Kokcu

Clube: Feyenoord

Data de Nascimento: 29.12.2000

“Aquisição” recente da seleção turca, Kokcu nasceu nos Países Baixos. «Sinto-me mais em casa na Turquia, e por isso fiz esta escolha. Também pensei que haveria mais competição por um lugar na seleção holandesa», admitiu.

Talvez se tenha precipitado a falar, já que foi suplente quando a Turquia venceu os Países Baixos por 4-2, em março, mas o futuro parece brilhante. Tem sido associado a vários clubes europeus, e as condicionantes financeiras do Feyenoord podem facilitar uma transferência.

20
Abdulkadir Omur (AP)

Abdulkadir Omur

Clube: Trabzonspor

Data de Nascimento: 25.06.1999

Falhou parte da época devido a lesão, mas mostrou estar apto na parte final, mesmo a tempo de integrar a convocatória. O médio de 21 anos é um jogador a ter debaixo de olho: rápido, com uma técnica brilhante, não tem medo de atacar os adversários com o seu talento. Tem precisamente as características de que a seleção turca bem precisa, e pode ser a revelação da equipa este verão. Tem a oportunidade de promover o seu nome como um dos talentos mais promissores do país.

«Há muito tempo que sonho com o Euro2020. É uma oportunidade que tenho de agarrar», referiu.

21
Irfan Can Kahveci (Instagram)

Irfan Can Kahveci

Clube: Fenerbahçe

Data de Nascimento: 15.07.1995

Acrescenta criatividade a um meio-campo que, por vezes, tem défice nesse aspeto. Cresceu a idolatrar Mesut Ozil, e agora são colegas de equipa no Fenerbahçe. «Há algumas coisas que tenho a sorte de ter na minha vida futebolística. O Mesut é um dos melhores do mundo, e quanto mais retirar da convivência com ele, melhor. Estou a tentar melhorar, e vou tentar melhorar todos os dias, até ao fim da minha carreira», afirma. Tem um estilo semelhante ao do campeão do mundo em 2014.

Quando era mais novo o pai costumava dizer-lhe que, se não colocasse o foco no futebol, acabaria por ir trabalhar com ele na oficina e mudar o óleo aos carros todos os dias, para o resto da vida. Parece ter resultado.

22
Kaan Ayhan (AP)

Kaan Ayhan

Clube: Sassuolo

Data de Nascimento: 10.11.1994

Ayhan teria lugar na maior parte das seleções turcas do passado, mas a linha defensiva atual é das mais fortes de sempre, pelo menos no papel. Em todo o caso o central do Sassuolo é uma forte opção pela sua versatilidade: pode jogar também como lateral direito ou no meio-campo. É um dos vários jogadores do plantel nascido na Alemanha, e foi formado na academia do Schalke. Diz que passa a maior parte do tempo no quarto, ao computador: «Fecho a porta e desfruto de alguma paz e sossego. Faço muitas coisas, mas é sempre bom relaxar e esquecer o stress do dia-a-dia. Sou um bocado cromo dos computadores.»

23
Ugurcan Cakir

Ugurcan Cakir

Club: Trabzonspor

Data de Nascimento: 05.04.1996

Em criança recusava ir à baliza, até que o treinador convenceu o pai de que ele tinha dois atributos perfeitos para esse papel: mãos gigantes e salto felino. O guarda-redes do Trabzonspor é um dos mais cotados do país, e, aos 25 anos, tem um futuro brilhante pela frente. Já esteve associado a alguns dos principais clubes europeus, incluindo o Liverpool, e vai querer impressionar neste grande palco.

24
Kerem Akturkoglu (instagram)

Kerem Akturkoglu

Clube: Galatasaray

Data de Nascimento: 21.10.1998

O extremo de 22 anos deu nas vistas na última época, ao serviço do Galatasaray, e chega em boa forma ao Euro.

Extremo astuto, com faro para o golo, é pouco provável que seja titular, mas em todo o caso é uma grande opção para dar velocidade a uma seleção que não é propriamente forte nesse aspeto.

Estreou-se pela Turquia em maio, na vitória sobre o Azerbaijão, em jogo particular, e diz que estar na fase final «éum sonho». «Estou muito entusiasmado, muito feliz e também orgulhoso. Antes de mais agradeço a Senol Gunes pela oportunidade. Espero que o meu país, a minha família e a minha equipa fiquem orgulhosos. Vou dar tudo», afirmou.

25
Mert Muldur (Instagram)

Mert Muldur

Clube: Sassuolo

Data de Nascimento: 03.041999

É o único jogador do plantel nascido na Áustria. Pode jogar como lateral direito ou central. A sua velocidade é claramente um trunfo para uma equipa que não é propriamente rápida. O jogador de 22 anos impressionou na caminhada até à fase final, e se fosse lateral esquerdo seria um titular indiscutível. Assim tem de lidar com a forte concorrência no lado direito.

26
Halil Dervisoglu (instagram)

Halil Dervisoglu

Clube: Brentford

Data de Nascimento: 08.12.1999

Nascido em Roterdão, era elegível para a seleção holandesa, mas optou pela Turquia. O avançado de 21 anos passou a época emprestado pelo Brentford ao Galatasaray, uma vez que não conseguiu afirmar-se em Inglaterra, proveniente do Sparta Roterdão. Na seleção também tem andado distante do estatuto de principal referência ofensiva, mas o rendimento no Galatasaray e a lesão de Cenk Tosun possibilitaram a inclusão na convocatória.

Textos de Emre Sarigul, que escreve para o "Turkish Football".

Siga-o no twitter.

Maisfutebol
Finlândia 7 jun, 00:24
Escócia 7 jun, 00:23
Suíça 7 jun, 00:23
Suécia 7 jun, 00:23
Dinamarca 7 jun, 00:23
Espanha 7 jun, 00:22
Ucrânia 7 jun, 00:22
Itália 7 jun, 00:22
Países Baixos 7 jun, 00:22
Turquia 7 jun, 00:21
Bélgica 7 jun, 00:21
País de Gales 7 jun, 00:20
Rep. Checa 7 jun, 00:20
Polónia 7 jun, 00:20
Áustria 7 jun, 00:19
Croácia 7 jun, 00:19
Hungria 7 jun, 00:19
Rússia 7 jun, 00:19
Alemanha 7 jun, 00:18
Eslováquia 7 jun, 00:18
Inglaterra 7 jun, 00:18
França 7 jun, 00:17
Portugal 20 mai, 23:45