Maisfutebol

Noruega: as jogadoras

1
GURO PETTERSEN (instagram)

GURO PETTERSEN

Data de nascimento: 22.08.1991

Posição: Guarda-redes

Clube: Vålerenga

Guro Pettersen pode ter apenas uma internacionalização pela Noruega no momento em que este texto é escrito, mas contribui com muita experiência à equipa.

A jogadora de 30 anos não tem receio em denunciar bullying virtual e, em janeiro de 2020, mostrou comentários ofensivos que recebeu depois de postar no TikTok o golo que tinha marcado num treino. «Para todos aqueles que não gostam de futebol feminino: por favor, guardem isso para vocês», escreveu.

Venceu o prémio para golo do ano na Liga Sueca, em 2021, quando jogava no Piteå e marcou da linha de meio-campo.

 

2
ANJA SONSTENVOLD (getty)

ANJA SONSTENVOLD

Data de nascimento: 21.06.1992

Posição: Defesa Central

Clube: Inter (Itália)

No início da carreira conciliou a carreira de futebolista de alto-nível com o final da licenciatura em Jornalismo. Esteve dez anos na primeira divisão norueguesa, entre o Kolbotn e o LSK Kvinner, antes de se mudar para o estrangeiro, em 2020.

A sua aventura francesa ficou marcada pelas lesões e pelo pouco tempo de jogo, por isso mudou-se para o Inter, no ano passado, e tem brilhado em Itália. Até marcou um golo a 30 metros da baliza, em novembro. Está a adorar a vida em Milão e renovou contrato até 2024.

Segundo disse a um jornal, tem sempre de assoar o nariz depois do banho para se sentir «completamente limpa».

3
MARIA THORISDOTTIR (getty)

MARIA THORISDOTTIR

Data de nascimento: 05.06.1993

Posição: Lateral / Extremo Esquerdo

Clube: Manchester United (Inglaterra)

Foi uma multi-talentosa jovem que representou a Noruega nas camadas jovens no futebol e no andebol, até ao fim da adolescência (tal como Maren Mjelde). Em 2013 decidiu optar pelo andebol, mas lesões nos joelhos obrigaram-na a recuar. Mudou de direção, foi para o futebol, e foi integrou a convocatória para o Mundial de 2015. O pai, que é islandês, esteve à frente da seleção norueguesa de andebol, e Maria é uma incrível malabarista. Transferiu-se para o Manchester United em 2021, depois de quatro épocas no Chelsea.

4
TUVA HANSEN (GETTY)

TUVA HANSEN

Data de nascimento: 04.08.1997

Posição: Lateral Direito

Clube: Brann

No clube, Hansen joga normalmente numa linha de três centrais, mas sempre se destacou mais como lateral direito na seleção. A jogadora de 24 anos nasceu no seio de uma família de futebolistas: o pai, Hugo, jogou 14 vezes pela Noruega na década de 80; a irmã mais velha, Hege, somou 13 internacionalizações e fez parte da equipa que participou no Mundial de 2015; enquanto o irmão, Cato, é internacional sub-21.

O cão de Tuva, «Vilja, o Cokapoo», tornou-se viral e tem mais de 130 mil seguidores no Instagram. Hansen já admitiu, em brincadeira, que ser dona de um cão e capitã do Brann é semelhante em muita coisa, e que a diferença é que Vilja é mais obediente do que as colegas de equipa.

5
GURO BERGSVAND (getty)

GURO BERGSVAND

Data de nascimento: 03.03.1994

Posição: Defesa Central

Clube: Brann

Perante as dores provocadas por várias lesões nos joelhos, entre outros problemas que sugiram enquanto estava no futebol universitário dos Estados Unidos, Bergsvand esteve perto de desistir e reformar-se, após dois anos afastada dos relvados. A jogadora não se rendeu, no entanto, e finalmente conseguiu a afirmação aos 27 anos, no Brann (então Sandviken), vencendo o campeonato da época passada. Bergsvand foi eleita «Jogadora modelo do ano» no futebol norueguês, com o júri a resumir: «Ela é uma inspiração para todos os jovens jogadores que enfrentam adversidades, duvidam deles mesmos, e que precisam de provar a si mesmos que aquilo que parece impossível, na verdade é possível».

6
MAREN MJELDE (getty)

MAREN MJELDE

Data de nascimento: 06.11.1989

Posição: Lateral Direito

Clube: Chelsea (Inglaterra)

Preponderante na equipa, Mjelde é capitã da seleção norueguesa desde 2015, e o treinador, Martin Sjögren, descreve-a como uma verdadeira líder. Chegou ao Arna-Bjørnar com 15 anos e jogou na Alemanha e Suécia antes de se transferir para o Chelsea, em 2016. No clube inglês ganhou quatro campeonatos, apesar de ter perdido quase um ano inteiro devido a uma grave lesão no joelho, sofrida em março de 2021. Uma vez afirmou: «Tenho modelos femininos que admiro, mas sobretudo a minha mãe. Ela tem o maior coração e quero ser como ela quando for grande.»

Está a tirar uma licenciatura em Gestão e já começou a tirar cursos de treinadora.

7
INGRID ENGEN (getty)

INGRID ENGEN

Data de nascimento: 29.04.1998

Posição: Médio

Clube: Barcelona (Espanha)

A jogadora de 24 anos deu enormes passos em frente no seu desenvolvimento, desde que se mudou do Wolfsburgo para o Barcelona, no último verão. Isto apesar de admitir que os primeiros meses em Espanha foram duros. Joga sobretudo na zona intermédia, mas foi utilizada recentemente a central, tanto no clube como na seleção.

Egen é descrita como a «rainha das redes sociais» da seleção norueguesa. «Veste-se bem e tira fotos com flores bonitas – nós não!», disse a colega de equipa Vilde Boe Risa, sobre o porquê de Egen ser a líder da equipa nas redes sociais. 

8
VILDE BOE RISA (getty)

VILDE BOE RISA

Data de nascimento: 13.07.1995

Posição: Médio

Clube: Manchester United (Inglaterra)

Quando perdeu o pai, devido a um ataque cardíaco, em 2013, Boe Risa desafiou-se a conseguir o objetivo de se tornar futebolista profissional. Conseguiu, e pensa no pai todas as vezes que entra em campo.

A transferência do Sandviken para o clube preferido na infância, o Manchester United, no verão passado, foi o concretizar de um sonho para a jogadora de 26 anos que, depois de um par de anos no futebol sueco, fala também fluentemente sueco (até porque adora falar, sempre que possível).

Uma grave lesão no joelho afastou Boe Risa do último Europeu, mas lutou para regressar e tornar-se uma figura fundamental da Noruega no Mundial em França, há dois anos.

9
Karina Sævik
Karina Saevik (Getty)

KARINA SAEVIK

Data de nascimento: 24.03.1996

Posição: Avançado

Clube: Avaldsnes

Regressou recentemente a casa, ao Avaldsnes, do futebol norueguês, depois de anos desafiantes ao serviço do Paris Saint-Germain e do Wolfsburgo, em parte por razões desportivas, mas também devido à pandemia. Agora é treinada pelo antigo lateral do Liverpool, John Arne Riise.

A avançado de 26 anos joga com grande intensidade e é uma excelente finalizadora – vale a pena ver o golo que marcou quando jogava no Kolbotn, em 2019, que se tornou viral antes do Mundial. Por que raio não foi nomeado para o prémio Puskas?

10
Caroline Graham Hansen (getty)

CAROLINE GRAHAM HANSEN

Data de nascimento: 18.02.1995

Posição: Avançada

Clube: Barcelona (Espanha)

Uma jogadora incrível, que nos últimos anos foi peça fundamental num dos melhores clubes do mundo, o Barcelona. Ficou em quarto lugar no top-100 do jornal "The Guardian", em 2021, e vai ser uma jogadora-chave da Noruega no Europeu. Descrita pelas companheiras como «uma pensadora», escreveu nas notas do seu telemóvel os pensamentos mais profundos enquanto lutava contra as lesões nos joelhos, no Wolfsburgo, e utilizou-os depois como motivação no regresso. Fora de campo a jogadora de 27 anos prefere ficar fora dos holofotes, mas no relvado é claramente uma líder.

11
Guro Reiten (getty)

GURO REITEN

Data de nascimento: 26.07.1994

Posição: Médio / Avançada

Clube: Chelsea (Inglaterra)

Após impressionar com a camisola das norueguesas do LSK Kvinnder, Guro Reiten mudou-se para o Chelsea, logo depois do Mundial de 2019. A treinadora da equipa inglesa, Emma Hayes, disse que «a inteligência futebolística de Reiten é do mais alto nível».

Reiten foi uma jogadora-chave do Chelsea, tricampeão inglês. A primeira temporada foi a mais estranha, tendo em conta a pandemia. «Eu e as minhas colegas de equipa fizemos uma chamada de Zoom. Eu entrei a partir da Noruega, a meio de um acampamento. A Emma Hayes entrou na chamada e, de repente, abriu uma garrafa de champanhe e disse: “Ganhámos o campeonato”. Foi tão estranho descobrir que tínhamos vencido por causa da média de pontos por jogo.»

Está de volta ao seu melhor depois de algumas lesões.

12
SUNNIVA SKOGLUND (getty)

SUNNIVA SKOGLUND

Data de nascimento: 22.05.2002

Posição: Guarda-redes

Clube: Stabaek

Uma das jogadoras mais jovens desta Noruega. Não tem muita experiência, mas o selecionador nacional, Martin Sjögren, acredita que Sunniva tem um futuro brilhante diante dela. No clube tem a orientação da lenda norueguesa Ingrid Hjelmseth, que é a treinadora de guarda-redes do Stabaek, e impressionou na primeira divisão norueguesa, apesar de ter apenas 19 anos no início da época.

13
CELIN BIZET ILDHUSOY (getty)

CELIN BIZET ILDHUSOY

Data de nascimento: 24.10.2001

Posição: Avançado

Clube: Paris Saint-Germain (França)

Apelidada «pé cubano» - por ser metade norueguesa, metade cubana - Bizet Ildhusoy impressionou ainda muito nova, pela habilidade técnica revelada na liga norueguesa, e deixou claro aquilo que queria: tornar-se uma das melhores jogadoras do mundo. Penou por tempo de jogo no PSG, mas continuou forte na seleção, com uma sequência de quatro golos nas primeiras cinco internacionalizações. «Ela surpreendeu-me», disse Martin Sjögren, selecionador nacional, sobre a jogadora de 20 anos. «Mostrou uma incrível força mental ao jogar tão bem na seleção, apesar de ter tão pouco tempo de jogo no clube.»

14
ADA HEGERBERG (getty)

ADA HEGERBERG

Data de nascimento: 10.07.1995

Posição: Avançada

Clube: Lyon (França)

Uma das melhores jogadoras do mundo, Hegerberg está de volta à seleção após cinco anos de ausência. A superestrela tinha-se mostrado frustrada com o que considerou ser a falta de apoio à seleção feminina e ao futebol feminino na Noruega. Ao anunciar o regresso, em março de 2022, justificou: «Eu amo o futebol e quero jogar futebol. Tomei uma decisão, em 2017, de que não me arrependo. Mas tive muito tempo para refletir durante dois anos, em vários aspetos».

A jogadora do Lyon recuperou de duas lesões graves para levar o seu clube à final da Liga dos Campeões. «Ela é um exemplo no que diz respeito a marcar golos», disse Celin Bizet Ildhusoy quando Hegerberg regressou à seleção com um hat-trick.

15
AMALIE EIKELAND (getty)

AMALIE EIKELAND

Data de nascimento: 26.08.1995

Posição: Médio

Clube: Reading (Inglaterra)

Fez a estreia a alto nível aos 15 anos, no Arna-Bjørnar, e somou mais de 200 jogos em sete anos pelo clube, antes de se mudar para o Reading, depois do Mundial de 2019.

É uma jogadora polivalente, e a prova disso é que foi utilizada em várias posições esta época, tanto no clube como na seleção.

Aponta Marta, Lionel Messi e Maren Mjelde como referências no futebol. «Claro que Messi é um jogador para quem todos olham, mas acho que Maren Mjelde é um excelente exemplo para nós jovens do Arna/Bjørnar [clube em que se formou]. Subiu todos os escalões do clube, chegou à seleção e joga no estrangeiro», justificou. Agora vão estar juntas na no Euro.

Foi eleita jogadora do ano do Reading e jogadora do ano pelas jogadoras em Inglaterra esta época.

16
Thea Bjelde (instagram)

THEA BJELDE

Data de Nascimento: 05.06.2000

Posição: Médio

Clube: Vålerenga

Inclusão de última hora, por força da lesão de Lisa Naalsund. A jogadora de 22 anos dá algo novo e diferenciado ao meio-campo da Noruega: apesar de ser consideravelmente baixa, tem uma grande presença em campo. É uma jogadora rápida e tecnicamente evoluída, com energia inesgotável e capacidade para ganhar bolas na zona intermédia. Quando não está a jogar, gosta de ver jogos da Serie A. 

17
JULIE BLAKSTAD (getty)

JULIE BLAKSTAD

Data de nascimento: 27.08.2001

Posição: Lateral / Extremo

Clube: Manchester City (Inglaterra)

Foi rotulada de pequeno génio após terminar o secundário, com nenhuma nota inferior a 19 valores. A educação sempre foi importante para Blakstad, que em 2020 recusou uma proposta do Chelsea e mudou-se para Trondheim, para jogar no Rosenborg e iniciar a licenciatura em Economia Industrial na Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia.

É considerada uma das mais talentosas jogadoras norueguesas de sempre, e transferiu-se para o Manchester City em janeiro de 2022, naquela que foi reportada como a transferência mais cara de uma jogadora norueguesa.

«Observei bastante Ronaldo [no momento do remate] e percebi que ele tem uma técnica especial», refere.

18
FRIDA MAANUM (getty)

FRIDA MAANUM

Data de nascimento: 16.07.1999

Posição: Médio

Clube: Arsenal (Inglaterra)

Uma jogadora extremamente determinada, que criou uma folha de Excel aos 14 anos para registar a sua evolução. Nada foi deixado ao acaso na sua carreira, e valeu a pena. Fez a estreia numa grande competição, o Euro 2017, no dia do 18.º aniversário. Depois mudou-se para Linköping, na Suécia, onde impressionou durante duas temporadas, antes de se mudar para o Arsenal, em julho de 2021. Alguns meses depois de chegar aos «gunners», o treinador, Jonas Eidevall, admitiu: «Eu sabia que ela era boa, mas ela é ainda melhor do que eu esperava.»

Além do futebol, a médio adora nadar e jogar FIFA.

19
ELISABETH TERLAND (getty)

ELISABETH TERLAND

Data de nascimento: 28.06.2001

Posição: Médio / Avançada

Clube: Brann

Dado o enorme talento que revelava, fez a estreia com apenas 15 anos, no clube local, o Klepp. Infelizmente para ela, foi demasiado cedo. Após anos a jogar demasiados jogos por demasiadas equipas, em 2019 disseram-lhe que tinha de descansar e focar-se na recuperação. Voltou depois – aparentemente mais forte do que nunca – e após algumas exibições impressionantes, ao serviço do Klepp, mudou-se para o Sandviken, em 2021. Ganhou o campeonato com o seu novo clube nessa época e tornou-se numa das jogadoras mais importantes da equipa.

20
SYNNE SKINNES HANSEN (getty)

SYNNE SKINNES HANSEN

Data de nascimento: 12.08.1995

Posição: Lateral / Extremo Direito

Clube: Rosenborg

A rápida e imprevisível lateral/extremo fez a estreia a alto nível na Noruega com 17 anos, pelo Røa. Fora do campo, há uma expressão que define Synne Skinnes Hansen na perfeição: cabeça de vento. «Ela é capaz de se esquecer das chuteiras e das caneleiras todos os dias», disse Caroline Graham Hansen sobre a colega de equipa, que uma vez conseguiu enviar o passaporte na bagagem de porão quando viajava para Inglaterra.

21
ANNA LANGAS JOSENDAL (instagram)

ANNA LANGAS JOSENDAL

Data de nascimento: 29.04.2001

Posição: Lateral / Extremo

Clube: Rosenborg

A maior surpresa na convocatória da Noruega. Mas Jøsendal merece ser incluída, depois de uma incrível época no Rosenborg. Teve alguns anos difíceis, com uma lesão persistente na virilha, que se tornou tão problemática que Anna pensou que poderia ter que abandonar o futebol. Contudo, essa lesão está agora completamente ultrapassada, e Anna diz que as dificuldades a tornaram mais forte.

O selecionador norueguês descreve-a como «uma jogadora para o futuro», graças à sua velocidade, habilidade e um potente pé esquerdo. A jogadora de 21 anos pode ser utilizada como lateral ou extremo esquerdo, e é a primeira internacional de sempre de Odda, uma pequena vila com cerca de 4.800 habitantes, famosa pelas suas siderurgias, e que fica localizada na bonita região de Hardanger, na costa oeste norueguesa.

22
Sophie Román Haug (instagram)

SOPHIE ROMÁN HAUG

Data de nascimento: 04.06.1999

Posição: Avançada

Clube: Roma (Itália)

O anúncio da lista para o Europeu, no início de junho, representou a primeira convocatória de sempre para Sofie Román Haug, e foi uma surpresa. Mas ela tem estado muito bem, desde que, em janeiro, se transferiu para a Roma (o que faz sentido, tendo em conta o seu nome do meio). A avançada adaptou-se muito bem ao futebol italiano, depois de seis anos ao serviço das norueguesas do LSK Kvinner, com quatro golos e duas assistências nos sete jogos que fez pelo clube italiano esta época.

Com 23 anos, é uma jogadora alta e forte, que usa o tamanho e a força para segurar a bola. O selecionador norueguês considera-a a melhor cabeceadora norueguesa, a seguir a Ada Hegerberg.

23
AURORA MIKALSEN (getty)

AURORA MIKALSEN

Data de nascimento: 21.03.1996

Posição: Guarda-redes

Clube: Brann

A voz forte de Mikalsen é sempre ouvida de forma clara no campo e nas bancadas, quando ela joga pelo Brann ou pela seleção. É simplesmente impossível não a ouvir a falar diretamente com as companheiras de equipa.

A jogadora de 26 anos passou por Manchester United e Tottenham, na Premier League Feminina, mas voltou ao futebol norueguês e ao Sandviken (agora Brann) no ano passado.

Mikalsen foi jogadora de campo até meio da adolescência, mas sempre achou a posição de guarda-redes fascinante. «As situações decisivas e as consequências de um erro individual podem aterrorizar outros, mas isso deixa-me fascinada e traz o melhor de mim», disse.

 

Textos originais de Christina Paulos Syversen e Helge Johan Pettersen Kalleklev, da TV2.

 

Maisfutebol
Uruguai: o guia 11 nov, 18:42
Gana: o guia 11 nov, 15:09
Brasil: o guia 10 nov, 21:39
Qatar: o guia 7 nov, 10:43
Alemanha: o guia 25 jun, 00:45
Bélgica: o guia 25 jun, 00:00
Áustria: o guia 24 jun, 14:13
França: o guia 24 jun, 00:00
Portugal: o guia 23 jun, 20:41
Suécia: o guia 23 jun, 00:00
Suíça: o guia 23 jun, 00:00
Polónia: a análise 11 jun 2021, 23:48
França: a análise 11 jun 2021, 13:53
Eslováquia: a análise 11 jun 2021, 00:00
Espanha: a análise 11 jun 2021, 00:00
Escócia: a análise 10 jun 2021, 22:40
Croácia: a análise 10 jun 2021, 22:39
Inglaterra: a análise 10 jun 2021, 22:39
Portugal: a análise 10 jun 2021, 22:01
Suécia: a análise 10 jun 2021, 21:14
Ucrânia: a análise 10 jun 2021, 01:20
Áustria: a análise 10 jun 2021, 01:19
Rússia: a análise 9 jun 2021, 00:11
Finlândia: a análise 9 jun 2021, 00:10
Suíça: a análise 8 jun 2021, 00:11
Turquia: a análise 8 jun 2021, 00:11
Finlândia 7 jun 2021, 00:24
Suíça 7 jun 2021, 00:23
Suécia 7 jun 2021, 00:23
Escócia 7 jun 2021, 00:23
Dinamarca 7 jun 2021, 00:23
Espanha 7 jun 2021, 00:22
Ucrânia 7 jun 2021, 00:22
Itália 7 jun 2021, 00:22
Países Baixos 7 jun 2021, 00:22
Turquia 7 jun 2021, 00:21
Bélgica 7 jun 2021, 00:21
País de Gales 7 jun 2021, 00:20
Macedónia do Norte 7 jun 2021, 00:20
Rep. Checa 7 jun 2021, 00:20
Polónia 7 jun 2021, 00:20
Áustria 7 jun 2021, 00:19
Croácia 7 jun 2021, 00:19
Hungria 7 jun 2021, 00:19
Rússia 7 jun 2021, 00:19
Alemanha 7 jun 2021, 00:18
Eslováquia 7 jun 2021, 00:18
Inglaterra 7 jun 2021, 00:18
França 7 jun 2021, 00:17
Portugal 20 mai 2021, 23:45
100 anos do Sp. Braga 18 jan 2021, 23:51