«Ainda me é difícil lidar com a situação, como para todos os costa-marfinenses. Estamos a passar um período difícil, toda a gente está em choque», afirmou a principal figura da selecção africana.

Segundo Drogba, a vitória no jogo foi completamente esquecida mal os jogadores souberam do que se tinha passado. «Marcámos cinco golos e estávamos realmente felizes, quando alguém veio ter connosco e nos disse que várias pessoas tinham morrido. Não sabíamos porquê, mas descobrir a razão aumentou o drama», confidenciou o avançado do Chelsea.

«Alguns de nós [jogadores] foram ao hospital no dia seguinte, visitar as pessoas. Isto nunca tinha acontecido e todos quisemos saber como e porque é que aconteceu. Temos de garantir que não volta a acontecer», declarou o internacional costa-marfinense.