Maisfutebol

Segundo informações avançadas pela Antena 1, e confirmada ao nosso jornal por fonte da Federação Portuguesa de Futebol, a Ocidental Seguros comunicou que os seguros do E. Amadora caducaram, na sequência de uma dívida a rondar os 36 mil euros. Sem seguro, o clube não pode realizar jogos.

«A única coisa que posso dizer é que, até amanhã, o problema estará resolvido. Vai haver jogo! Parece que tudo serve para bater no Estrela da Amadora, nesta altura», lamenta António Oliveira, em declarações ao Maisfutebol.

Da parte da Federação Portuguesa também parece haver confiança de que o jogo se vai realizar. Os responsáveis federativos questionaram o Estrela da Amadora sobre o caso, através da Associação de Futebol de Lisboa, e receberam a garantia de que, na quarta-feira, iria chegar-lhes o comprovativo do pagamento da dívida.

Refira-se que a Liga emitiu uma autorização especial na passada sexta-feira, possibilitando a realização do Estrela-P. Ferreira, e a Federação poderia fazer o mesmo. Contudo, nesta altura, esse cenário ainda não foi equacionado.