Jardel

Tem nome de goleador com créditos firmados no futebol português mas joga no sector intermediário. Compensa a falta de presença assídua na área contrária com um instinto goleador conquistado nas últimas semanas. Deu a vitória frente ao Nacional, garantiu o empate na Trofa e marcou em dose dupla frente ao Sp. Braga. 4º golo na Liga, em três jornadas consecutivas. Como médio mais adiantado no tridente delineado por Lázaro Oliveira, o brasileiro destacou-se essencialmente pelas aparições na área contrária, não tanto ao nível da construção de jogo.

Silvestre Varela

Referência incontornável neste Estrela da Amadora, o avançado garantido pelo F.C. Porto motivou atenções redobradas por parte dos jogadores do Sp. Braga. Travou duelo interessante e intenso com João Pereira, mas não só. Por vezes, chegou a ter três homens em zona de marcação. Percebe-se. Grande parte do futebol do Estrela passa pelos seus pés.

Paulo César

Começou a época com boas indicações, marcando ao Leixões na Taça da Liga e ao P. Ferreira na primeira jornada. Depois, face à panóplia de opções atacantes no Sp. Braga, eclipsou-se. A lesão de Meyong abre espaço para a afirmação plena de outros nomes e Paulo César tem aproveitado a oportunidade. Segundo golo em dois jogos.

Orlando Sá

Primeiro golo do internacional português. Cá está, o lado bom da lesão de um jogador. Sem Meyong, Jorge Jesus utiliza outras soluções e vai recolhendo frutos.

Fernando Alexandre

Fica, desde já, o senão. Parece algo pesado, ligeiramente acima do peso ideal. Feito o reparo, acrescentam-se os elogios por uma exibição bem conseguida, com cunho vincado na construção dos principais lances de perigo do Estrela da Amadora. Começou por servir Anselmo, com o ponta-de-lança a desaproveitar, e cruzou para o golo inaugural de Jardel. Boa visão de jogo, com pés a condizer.

Luís Aguiar

Grande parte do que o Sp. Braga fez de bom, durante a primeira parte, deve-o à qualidade técnica e clarividência de Luís Aguiar. Numa equipa que acumula vários remendos, o médio do Uruguai vai servindo de farol para os homens de Jorge Jesus. Contudo, acabaria por aguentar apenas meio tempo, saindo ao intervalo.