Convidado pelos responsáveis do clube a visitar o clube, sediado na cidade de Dar es Salaam, Eduardo Almeida gostou do que viu e decidiu aceitar o convite para orientar o African Lyon FC. «Estão a construir um centro de estágio com quatro campos e um hotel. Têm um bom estádio também. Estão criadas condições para desempenhar um bom trabalho», disse o jovem técnico, contactado pelo Maisfutebol. O contrato válido por uma temporada, com mais duas de opção.

Eduardo Almeida trabalhou directamente com o antigo internacional José Luís. Foi seu adjunto nos juvenis do Benfica, e mais tarde no South China (Hong Kong). Passou também pelos juniores do União de Almeirim e pelos seniores do Atlético de Cacém. Realizou estágios com Jesualdo Ferreira e José Gomes, quando estes eram técnicos principais de Sp. Braga e Paços de Ferreira, respectivamente, assim como no Everton, com David Moyes. Aos 31 anos, prepara-se para abraçar uma aventura num país «totalmente desconhecido». «A minha contratação teve a ver com a nacionalidade. Eles têm uma boa imagem do treinador português. Ainda há pouco tempo o Manuel José veio cá jogar com o Al Ahly. A escolha tem também a ver com a minha idade, pois é um clube jovem (fundado em 2000), e com dirigentes jovens», explica.

Na Tanzânia há dois treinadores estrangeiros: um sérvio, que treina uma das equipas do principal escalão, e um brasileiro, que orienta a selecção. Eduardo Almeida vai ser o primeiro português. «Espero abrir portas», disse ao Maisfutebol.

Em Dar es Salaam há quase uma semana, o treinador português está a ter os primeiros contactos com a realidade do novo clube, e também com a cultura do país que o vai acolher. «Sabemos das dificuldades que existem em alguns países africanos. Nas ruas a pobreza é evidente, mas foi surpreendido também por algumas áreas ricas, onde vivem muitos europeus», relatou ao nosso jornal.

Eduardo Almeida vai regressar em breve a Portugal, para frequentar o III nível do curso de treinador, que vai ser leccionado entre os dias 29 de Junho e 17 de Julho. Depois regressa à Tanzânia, uma vez que em Agosto começa a Liga.