«A Suécia não tem Ibrahimovic, mas tem outros. Têm uma excelente equipa, mas nós estamos bastante motivados e confiantes», disse o guarda-redes, em Óbidos.

Sem aceitar o adjectivo «decisivo», Eduardo assume a importância do encontro, que será disputado no Estádio do Dragão: «Queremos muito vencer, para somar pontos, pois é disso que precisamos.»

Embora seja um guarda-redes jovem, e apenas recentemente tenha conquistado a titularidade na equipa das quinas, Eduardo garante estar preparado para a responsabilidade. «Pressão existe sempre, quer sejam jogos internacionais ou nacionais. É um sentimento especial, claro, mas estou preparado», disse. «O grupo está consciente das dificuldades e da responsabilidade. Vamos estar preparados, com certeza.»