chamou «cobarde» a Manuel Pellegrini

De acordo com o jornal «As», o próprio Kaká sentiu-se na obrigação de pedir desculpa ao treinador, um dia depois da eliminação europeia. O empresário do jogador não avançou para um pedido de desculpas, mas adoptou uma postura curiosa: «Já que não posso falar como torcedor no meu twitter, então a partir de hoje vou só comentar as receitas da Ana Maria Braga», escreveu Diogo Kotscho no Twitter. «Não disse nada para ofender ninguém. Dei a minha opinião no momento e não vou apagar», acrescentou ainda.

No dia do Real Madrid-Lyon surgiu também uma outra alegada crítica, feita pela esposa de Kaká, mas Caroline Celico nega-o: «Esse twitter nunca esteve no meu iphone. Tenho testemunhas. Nunca opino sobre o que está a acontecer.»

A polémica em torno de Kaká já motivou também um comentário de Robinho. «Sempre que as coisas não estão bem, a culpa é dos estrangeiros. Aconteceu a mim o mesmo que está a acontecer com o Kaká», disse o antigo jogador do Real Madrid, actualmente ao serviço do Santos.