Na altura o Celtic já vencia por 1-0, com um golo de Nakamura (16m). O internacional japonês acabaria por marcar mais dois (35 e 58m). Scott Brown contribuiu com dois golos (55 e 68m). Um tento de Marc Crosas (51m) e um autogolo de Potter (76m) completam as contas.

Mesmo com esta vitória folgada, o Celtic continua na segunda posição. O Rangers tem os mesmos 60 pontos, mas é líder. A equipa de Pedro Mendes, que não jogou, foi ganhar ao reduto do Hamilton Academical (0-1). O capitão Barry Ferguson apontou o único golo do encontro, aos 35 minutos.

O Hearts cimentou o terceiro lugar, ao vencer no reduto do quarto classificado, o Dundee United (0-1). Bruno Aguiar jogou noventa minutos, mas o golo decisivo foi da autoria de Michael Stewart (62m).

O Inverness, de Filipe Morais, é cada vez mais último, depois de ter perdido em casa com o Motherwell (1-2). O jogador português entrou aos 60 minutos.