O jogo não foi fácil para os catalães, que antes do apito inicial homenagearam os campeões espanhóis de há 25 anos, entre os quais o alemão Bernd Schuster, que se tornaria mais tarde jogador e treinador do rival Real Madrid. Por isso, em vez de só aplausos houve também assobios no Camp Nou.

Voltando ao encontro, o marcador só ficaria desbloqueado aos 73 minutos, já depois de Guardiola ter deixado Henry nos balneários e ter apostado em Bojan, que fecharia o resultado em 2-0 aos 88. Antes, foi Ibrahimovic, a passe do lateral esquerdo Maxwell, a atirar para as redes.

Veja como foi:

Nos outros jogos do dia, o Saragoça de Eliseu perdeu em Almería por 1-0. O internacional português entrou aos 64 minutos para o lugar de Ander e, tirando um ou outro apontamento, não conseguiu emprestar à sua equipa o necessário para virar o resultado.

O Maiorca, com Nunes no onze e durante 90 minutos, empatou a zero em Santander; e o Valladolid de Pelé, também com 90 minutos e um amarelo, não conseguiu fugir ao nulo frente ao Espanhol.

O Barcelona lidera com 71 pontos, mais três que o Real Madrid de Cristiano Ronaldo, que amanhã tenta voltar ao primeiro posto em Getafe.

Resultados da jornada 28:

Terça-feira

Sporting Gijon-Corunha, 2-1

(Bilic, 30; Diego Castro, 90 g.p.) (Adrian, 65)

Sevilha-Xerez, 1-1

(Kanouté, 63) (Gioda, 90)

Quarta-feira:

Almería-Saragoça, 1-0

(Uche, 61)

Barcelona-Osasuna, 2-0

(Ibrahimovic, 73; Bojan, 89)

Racing Santander-Maiorca, 0-0

Tenerife-Villarreal, 2-2

(Nino, 60; Culebras, 76) (Nilmar, 45, Rossi, 88)

Valladolid-Espanhol, 0-0

Valência-Málaga, mais tarde

Quinta-feira:

Getafe-Real Madrid

Atl. Madrid-Ath. Bilbao