Em todas as equipas mais fortes de Espanha há veteranos a fazer as malas. No Barcelona, Sylvinho (34 anos) e Jorquera (30) estão na porta de saída. No Real Madrid, Dudek (36) segue o mesmo caminho e Cannavaro (35) quase de certeza também. No Atlético, Maniche (31) e o guarda-redes Leo Franco (31) estão de malas aviadas. O futuro Valência já não contará com Morientes (33) nem Curro Torres (32). No Villarreal, Pascal Cygan (34) vai igualmente sair e só o luso francês Robert Pires (35) e o símbolo amarillo Javi Venta tiveram direito a novos contratos. Nas outras equipas, o panorama também não é animador para quem já ultrapassou os trinta anos.