José Mourinho não falou sobre o árbitro de forma directa, após o Barcelona-Real Madrid da última noite, mas esperou pelo juiz do encontro no final da partida e não se conteve. Apelidou Teixeira Vitienes de artista e interpelou-o a dois metros de distâncias.

O acto foi testemunhado pelo Mundo Deportivo, que nesta quinta-feira dá conta do episódio, ilustrado com uma foto de Mourinho encostado ao carro do árbitro. O treinador atravessou o estádio até à zona destinada aos «blaugrana», a mesma por onde saem os árbitros e ficou alguns minutos a aguardar a chegada do juiz do encontro.

Assim que Teixeira Vitienes e os assistentes surgiram, o técnico português lançou uma frase ao árbitro. «Ei artista, como gostas de chatear os profissionais.»