Esta ligação forte aos crimes de sexta-feira tornam o Bélgica-Espanha de «risco máximo» e não deixam os jogadores de Espanha indiferentes. Nolito que o diga.

«Mete-me medo e respeito, mas não podemos pensar e viver assim. São coisas que podem acontecer, mas espero que não se repitam. Fazemos o que nos mandam. Se querem jogar, jogaremos», afirmou Nolito, em conferência de imprensa, ao lado de Marc Bartra.

«A Bélgica tem muita qualidade, vai ser um jogo bonito», afirmou o ex-jogador do Benfica, que pode jogar como avançado. «Nunca joguei nesse lugar, a extremo e a médio interior sim».