Toda a 27ª jornada AO VIVO.

O Leixões e o Estrela da Amadora defrontam-se este domingo na Reboleira a olhar com a mesma avidez para os três pontos, mas com objectivos diferentes. A equipa de Matosinhos ainda aspira a um lugar europeu, cada vez mais improvável. Os homens orientados por Lázaro Oliveira querem manter-se na Liga.

Depois de quatro derrotas consecutivas no campeonato (três com os grandes e outra contra o Paços de Ferreira) e sem vencer há oito jornadas (bateu o Nacional em casa a 22 de Fevereiro), o Estrela espreita para o fundo da tabela com alguma desconfiança. Está no 11º lugar, com 27 pontos, e depende de si para a manutenção. Mas para isso tem de pontuar. Algo que não acontece desde a visita a Belém, há cerca de um mês e meio.

Para a recepção à equipa de Matosinhos, Lázaro Oliveira conta com a disponibilidade do guarda-redes Nelson. Uma miopatia na coxa esquerda obrigou-o a falhar a segunda-mão das meias-finais da Taça de Portugal, frente ao F.C. Porto, e o jogo de Alvalade. Anselmo e Jardel também estão de regresso. Por outro lado, o avançado Rui Varela e o guarda-redes Filipe Mendes são baixas a colmatar.

Se o Estrela espera que a matemática não lhe pregue qualquer partida, o Leixões (sensação da primeira volta e agora 6º) aspira a que os números lhe sorriam. «Enquanto valer a matemática estamos na luta», disse o treinador José Mota na antevisão da partida.

Além de estar num lugar bem mais confortável na classificação do que o 11º do Estrela da Amadora, o Leixões tem um registo nas últimas jornadas menos oneroso psicologicamente. Empatou a duas bolas contra o Guimarães em casa, perdeu com a Naval, mas somou três pontos com o Rio Ave. Para a Reboleira, José Mota perdeu o defesa Nuno Silva, mas tem Elvis novamente.

Na primeira, volta, em Matosinhos, as duas equipas empataram a uma bola. Na altura, Wesley marcou para o Leixões, um homem com que Mota já não conta, depois de ter partido para a Roménia, em Janeiro. Nessa partida, disputada a 21 de Dezembro, Celestino foi o autor do golo do empate para a formação de Lázaro Oliveira.

Na visita ao registo histórico, na última vez que Estrela e Leixões jogaram na Amadora - 12ª jornada, 2 Dezembro de 2007 – consta uma vitória da equipa da casa. Na altura, o autor dos dois golos da partida foi Mateus, que já não está na equipa.

Equipas prováveis:

ESTRELA DA AMADORA: Nelson; Hugo Gomes, Nuno André Coelho, Tengarrinha e Ney; Fernando Alexandre, Marcelo Goianira e Jardel; Pedro Pereira, Anselmo e Silvestre Varela.

Outros convocados: André Marques, Mustafá, Moreno, Nelson Pedroso, Vítor Vinha, Vidigal, Celestino, Marco Paulo, Ndiaye.

LEIXÕES: Beto; Vasco Fernandes, Elvis, Sandro e Ângulo; Bruno China, Roberto Sousa e Hugo Morais; Zé Manuel, Braga e Diogo Valente.

Outros convocados: Berger, Laranjeiro, Hugo Morais, Castanheira, Ruben, Brandón, Chumbinho e Sony.