«Comuniquei aos jogadores que eu e a federação chegámos à conclusão que não faz sentido continuar», disse o técnico de 66 anos.

«Os últimos meses foram frustrantes. Não consegui encontrar estabilidade para as nossas prestações, na nossa composição. Assumo as minhas responsabilidades», acrescentou.

Antigo internacional dinamarquês, com mais de cem internacionalizações, Morten Olsen fecha agora um ciclo como selecionador que teve mais de uma centena e meia de jogos.