O curso está dividido em nove módulos, com formadores oriundos de vários quadrantes do fenómeno futebolístico. Pedro Afra (Sporting), Paulo Relógio e João Leal (Federação Portuguesa de Futebol) e António Sérgio (Associação de Árbitros de Futebol) transmitirão a experiência nas respectivas áreas de acção.

«O curso está esgotado, com quarenta pessoas, e já temos agendada uma formação no Porto, em Outubro de 2009. É óbvio que o público-alvo preferencial é os antigos jogadores, mas não só. Também temos, por exemplo, um módulo de gestão de comunicação. A verdade é que o mercado já não é compatível com formações de um ano», lembra Emanuel Corceiro Calçada, ao Maisfutebol.

Emanuel Calçada e Ricardo Balbeira representam a empresa Quest, co-organizadora deste curso, com o apoio da Federação Portuguesa de Futebol, Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, Associação Nacional de Treinadores de Futebol e Associação Nacional de Agentes de Futebol. A propina é de 1200 euros.