As forças policiais detiveram três espanhóis e dois portugueses. Dois espanhóis foram detidos no campo Mártires da Pátria, por «resistência e coacção à autoridade». Outro adepto proveniente do país vizinho foi detido na via F.C. Porto por «injúrias e coação a agentes policiais».

Quanto aos portugueses, um responde por «invasão da área do recinto desportivo», no Estádio do Dragão, enquanto outro foi detido por «resistência e coação à autoridade» na Alameda das Antas.

Três dos cinco adeptos vão ser presentes a tribunal nesta quinta-feira, enquanto os outros dois foram notificados para o efeito.