Em afirmação crescente, quer no F.C. Porto como na selecção nacional, Bruno Alves afigura-se como o jogador com maiores perspectivas de rentabilidade para os cofres azuis e brancos, à frente de nomes como Lisandro López ou Lucho González, que sofreu entretanto uma lesão complicativa.

Hulk também perdeu margem de manobra após a infelicidade na Amadora e duas exibições abaixo das expectativas frente ao ManUtd, mas é um nome a ter em conta. A Liga dos Campeões trouxe, igualmente, um dissabor para Bruno Alves, mas o erro em Old Trafford não chega para afastar os interessados. A cláusula, por seu turno, é considerada proibitiva por muitos, esperando baixar o preço do jogador.

O AC Milan emergiu nesta sexta-feira como interessado, mas tem concorrência forte de Espanha ou mesmo Inglaterra. Washington, pai do jogador, reconhece que existe interesse, mas desmente acordo com qualquer clube. Bruno Alves, refira-se, passou a ser representado por Jorge Mendes. Nuno André Coelho, cedido ao Estrela da Amadora, perfila-se como aposta do F.C. Porto para a próxima época.

«Não estou a par de qualquer acordo do Bruno com algum clube. Repito: que eu saiba, ele não está comprometido com ninguém para a próxima época. Tem contrato com o F.C. Porto, é profissional e pretende cumprir a sua obrigação. Ele está feliz no F.C. Porto mas, se a proposta for boa para o clube, estará disponível para estudar a situação. O AC Milan é, naturalmente, um clube que tem observado o Bruno Alves, mas não só ele como outros. Tem havido um enorme assédio, mas isso acaba por ser normal», refere Washington, ao Maisfutebol.