Segundo se lê num comunicado no site oficial do clube, o capitão dos dragões foi submetido a uma «meniscectomia parcial do joelho esquerdo», conduzida pelo doutor José Carlos Noronha, que decorreu «conforme planeado».

O Maisfutebol sabe que a operação realizou-se no Hospital Trindade e que o departamento clínico do F.C. Porto esteve em contacto com o responsável da selecção da Argentina, Donatti Villani. No entanto, segundo o assessor da federação da argentina, Ernesto Bialu, o clube ainda não transmitiu qualquer informação oficial.

«Lamentamos profundamente o que se passou com Lucho. Estávamos muito preocupados, esperamos que agora que, nos próximos dias, o nosso departamento clínico receba, via internet, um diagnóstico completo. Não é urgente, é uma questão que tem de ser resolvida em Portugal, mas esperamos ser informados», adiantou.

Apesar do clube não mencionar datas para a recuperação, esta, tendo em conta o tipo de intervenção a que o jogador foi sujeito, não deverá ser inferior a quatro/cinco semanas, ficando ainda em aberto a possibilidade, embora longínqua, de Lucho recuperar a tempo de jogar a final da Taça de Portugal, marcada para 31 de Maio, caso a equipa de Jesualdo confirme a qualificação para o decisivo jogo do Jamor na próxima quarta-feira.