Na ronda anterior, aliás, o F.C. Porto de Jesualdo Ferreira reforçou essa tendência. Empatou em Madrid, no recinto do Atlético, e seguiu em frente. São sete recordações felizes para os dragões, em todas as competições organizadas pela UEFA. A única derrota caseira, numa segunda mão, aconteceu depois de um empate (1-1) em Munique. O Bayern venceu (0-2) nas Antas.

Por outro lado, o Manchester United perdeu metade das eliminatórias que começaram com empates em casa. Em oito ocasiões, os «red devils» não conseguiram recuperar de um resultado modesto na primeira mão, seguindo em frente em apenas quatro dessas eliminatórias. Para além disso, o ManUtd perdeu as últimas quatro eliminatórias da Liga dos Campeões em que jogou a segunda mão fora de casa.

F.C. Porto e Manchester United já disputaram três eliminatórias em competições europeias, com dois sorrisos para os portugueses. Na Taça das Taças, em 1977/78, os dragões golearam os ingleses em casa (4-0), de nada valendo o desaire em Manchester (5-2). Em 1996/97, foi a vez do United aplicar chapa 4, na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Seguiu-se um empate a zero no Invicta.

No último confronto, a equipa portista venceu em casa por 2-1, acabando por resgatar um empate em Old Trafford (1-1).

Na presente edição da Liga dos Campeões, o F.C. Porto apresenta um dos piores ataques (13 golos, a par de ManUtd, Arsenal e Villarreal), assim como a defesa menos segura entre as oito equipas presentes nesta fase, com 12 golos sofridos.

O Manchester United apresenta um registo impressionante de 22 jogos consecutivos sem perder na Liga dos Campeões. O AC Milan foi a última equipa a vencer os «red devils», a 2 de Maio de 2007.

Sapunaru, Cristian Rodriguez e Hulk estão em risco de exclusão.