Durante toda a tarde na cidade do Porto só a chuva amaciou a ansiedade e o entusiasmo. Um pouco por toda a parte, cachecóis azuis e brancos misturaram-se com o vermelho dos red devils, sempre em harmonia e sem qualquer ponta de fricção.

Na zona da Ribeira, a cerveja acariciou gargantas britânicas, secas pelos cânticos esganiçados pelo seu United. Agora, no estádio, mantém-se o ambiente. O sector destinado aos ingleses está quase cheio, com três mil pessoas.

A lotação esgotou já há alguns dias e nas bancadas estarão mais de 50 mil pessoas. Para controlo e prevenção de eventuais escaramuças, a PSP mobilizou cerca de 500 agentes que policiam o recinto do jogo e respectivas imediações.

Jesualdo Ferreira, já se sabe, não estará no banco de suplentes. O técnico esteve com a equipa até às 18 horas e assistirá à partida noutro local. José Gomes vai orientar a equipa no banco de suplentes.

Nesta altura não chove na cidade do Porto mas o tempo tem estado muito instável e a precipitação pode regressar a qualquer instante. O relvado, como sempre, está magnífico.