«A Administração da F.C. Porto - Futebol, SAD demarca-se desde já do acto eleitoral da LPFP que se avizinha», pode ler-se no comunicado, que adianta que o clube «não irá participar no mesmo, muito menos apoiar quem quer que seja nesse processo eleitoral».

Hermínio Loureiro, recorde-se, está em fim de mandato e já anunciou que não vai recandidatar-se às eleições na Liga de Clubes, as quais devem acontecer dentro de dois meses. Até agora ainda não surgiu nenhum candidato assumido ao acto eleitoral.