«Os meus colegas estão felizes por mim», afirmou Fábio Coentrão à TVI, contando que comprou todos os jornais e se sente orgulhoso: «É sempre bom chegar ali e ver aquilo nos jornais. É muito bom, mesmo, não sei explicar isso.»

Quanto à mudança para a Luz, o extremo refugia-se nos compromissos do Rio Ave para não comentar: «Agora estou preocupado com o Rio Ave, estamos num momento muito difícil, ou subimos ou ficamos. Neste momento só penso no Rio Ave.»

O internacional sub-21 revela de resto ambição para chegar longe, tanto como Quaresma ou Simão: «Claro que gostaria de chegar ao nível deles. Trabalho, tenho as minhas qualidades, acredito em mim.»

Nota de redacção: foto retirada do sítio oficial do Rio Ave