«Estou com uma grande expectativa para voltar a jogar. Foi muito difícil treinar, treinar, treinar e ver os jogos da bancada. A partir de domingo começo uma nova fase», afirmou Hulk esta manhã, na «superflash» de antevisão ao encontro com o Belenenses.

Qual o melhor resultado para Hulk no Benfica-Sp. Braga?

O avançado, que viu o castigo original de quatro meses por agressão a um steward na Luz reduzido para três jogos há muito cumpridos, insiste naquilo que perdeu: «Não poder jogar é a pior coisa que pode acontecer a um futebolista. Fui muito prejudicado, mas felizmente todas as pessoas do clube me ajudaram neste período horrível.»

Quanto às consequências do que aconteceu, Hulk delega os procedimentos: «Vou deixar tudo nas mãos do meu empresário e dos meus advogados.»

Sobre o Mundial, ele que vinha sendo chamado por Dunga antes do sucedido, deixa a constatação dos factos: «Só era possível lá chegar se estivesse a jogar no F.C. porto. A verdade é que nesta altura acho muito difícil poder lá estar.»