O jogo do FC Porto esteve porém muito longe de ser perfeito. A primeira parte foi aliás muito fraca e provocou muitos assobios dos adeptos no Dragão. Ao intervalo, Paulo Fonseca trocou Lucho por Carlos Eduardo e a equipa respondeu muito bem na segunda parte.

Confira a ficha de jogo e o relato ao minuto aqui

Começou por fazê-lo graças a um golo de Jackson Martínez aos 48 minutos, num remate de pé esquerdo, que tranquilizou a equipa. A partir daí o FC Porto transformou-se e empurrou o Sp. Braga para a retaguarda. Tanto insistiu que fez o segundo, outra vez por Jackson, desta feita de cabeça a responder a um cruzamento de Varela.

Com este triunfo, o FC Porto regressou ao primeiro lugar, com os mesmos pontos do Benfica mas vantagem na diferença entre golos marcados e sofridos: pelo menos até ao fim do jogo do Sporting neste domingo, em Barcelos, com o Gil Vicente, o campeão está de volta ao primeiro lugar.