[artigo atualizado]

Iker Casillas chegou ao FC Porto em 2015, faz a quarta época de dragão ao peito e já esteve em 122 jogos oficiais pelos dragões. Na noite deste sábado, o espanhol de 37 anos recebeu o Dragão de Ouro para «Atleta do Ano». 

Casillas foi uma das grandes figuras na noite do Coliseu do Porto. «Para mim é incrível. Só tenho palavras de agradecimento. Há três anos vim para a cidade do Porto e descobri o sentimento de ser portista. Uma pessoa como eu, que levava tanto tempo noutro clube, tem dificuldades em perceber que há mais vida», disse Casillas após receber o troféu.

«Estou muito orgulhoso e honrado ao ver que o meu nome ficará vinculado ao FC Porto e à cidade do Porto. Agradeço aos meus companheiros, a toda a gente do clube. Todos se portaram excecionalmente bem com a minha família.»

Destaque também para Alex Telles, o «Futebolista do Ano» e o jovem Diogo Leite... «Atleta Jovem do Ano». Sem esquecer, naturalmente, o prémio talvez mais esperado. Sérgio Conceição foi o «Treinador do Ano». «Vou quebrar o protocolo e chamar os jogadores ao palco, está bem?», disse o técnico, muito emocionado. 

«Enquanto campeões nacionais temos a responsabilidade coletiva de revalidar este título. Este ano queremos ganhar muito outra vez este campeonato.»

O «Atleta de Alta Competição do Ano» foi, pelo segundo ano seguido, Raul Alarcón, vencedor da Volta a Portugal em bicicleta, enquanto o «Atleta Revelação do Ano» foi o também guarda-redes Diogo Costa. 

DRAGÕES DE OURO: LISTA COMPLETA DE VENCEDORES

. «Atleta do Ano»: Iker Casillas

. «Treinador do Ano»: Sérgio Conceição

. «Futebolista do Ano»: Alex Telles 

. «Atleta Jovem do Ano»: Diogo Leite

. «Recordação do Ano»: Rui Teixeira, guarda-redes entre 1961 e 1978

. «Revelação do Ano»: Diogo Costa 

. «Atleta de Alta Competição»: Raul Alarcón, ciclismo

. «Sócio do Ano»: Pedro Marques Lopes

. «Atleta Amador do Ano»: Pedro Cardoso, ténis de mesa adaptado

. «Quadro do Ano»: Luís Gonçalves, futebol profissional

. «Carreira»: Fernando Brandão 'Moreno'

. «Casa do FC Porto Internacional»: Londres

. «Casa do FC Porto Nacional»: Marco de Canaveses 

. «Parceiro do Ano»: Rui Moreira - Câmara Municipal do Porto

. «Dirigente do Ano»: Matos Fernandes, presidente da Assembleia Geral