O maliano Moussa Marega, jogador do FC Porto, foi esta quinta-feira insultado à saída do estádio do Dragão, após o jogo em Tondela.

O jogador teve uma reação polémica durante o jogo quando o treinador Sérgio Conceição o impediu de marcar uma grande penalidade, indicando Fábio Vieira para o fazer.

No final do jogo, o maliano pediu desculpa aos adeptos pela atitude, mas alguns não perdoaram a atitude e manifestaram-no à saída do Dragão, tendo o jogador ouvido alguns insultos à saída por parte de algumas dezenas de adeptos que roderam o seu carro.

A restante equipa também teve dificuldade em abandonar o estádio, uma vez que os adeptos conseguiram chegar perto das viaturas, mas, desta feita, as palavras foram de incentivo e agradecimento, tendo o presidente do clube, Pinto da Costa, sido o mais aplaudido.