Alvaro Pereira não treinou com o plantel do F.C. Porto na terça e na quarta-feira. Segundo o jornal «O Jogo», a decisão foi tomada após um incidente entre o uruguaio e Kléber, na primeira sessão de trabalho da semana.

O lateral esquerdo, que está numa posição delicada no clube, não terá gostado da forma como o brasileiro celebrou alguns golos numa peladinha. Chamou-o à atenção por isso mesmo e gerou-se uma situação que, segundo o jornal, redundou mesmo em troca de agressões.