O F.C. Porto comunicou, nesta sexta-feira, a venda de parte dos passes de João Moutinho, James Rodriguez e Walter. Em nota oficial enviada para a Comissão de Mercado e Valores Mobiliários, os dragões anunciaram os acordos com três empresas, desconhecidas até ao momento.

O emblema portista garante um encaixe imediato de 8, 8 milhões, cedendo percentagens consideráveis de três reforços contratados neste defeso. João Moutinho custou 11 milhões mais 50 por cento do passe de Nuno André Coelho. O Sporting ficou com percentagem numa futura transferência.

James Rodriguez foi contratado a troco de 5,1 milhões de euros, por 70 por cento do passe. O F.C. Porto pagou ainda 6 milhões de euros por 75 por cento do passe de Walter.

Nas negociações com as citadas empresas, que serão fundos de investimento associados a agentes de jogadores, o F.C. Porto avaliou os seus atletas pelos seguintes valores: João Moutinho por 11 milhões, Walter por 8,5 milhões e James por 7,29 milhões.

Ou seja, atendendo a esta contabilidade do Maisfutebol, Walter foi o único a ser negociado por um valor hipotético acima do calculado no momento da transferência. De 8 milhões (F.C. Porto pagou 6 milhões por 75 por cento), o avançado brasileiro passa para um cotação de 8,5 milhões de euros.

Aqui fica o comunicado do F.C. Porto:

«A Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD, nos termos do artigo 248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários, vem informar o mercado que alienou, em regime de associação económica, as seguintes partes dos direitos económicos de três atletas contratados no início da época:

- 37,5% dos direitos desportivos do jogador João Moutinho por 4.125.000€ à Mamers B.V.;

- 35% dos direitos desportivos do jogador James Rodriguez por 2.550.000€ Gol Football Luxembourg;

- 25% dos direitos desportivos do jogador Walter por 2.125.000€ à Pearl Design Holding Ltd;»

[artigo actualizado]