Ronaldo viu um cartão amarelo no passado domingo frente ao Tottenham, alegadamente por ter feito «teatro», mas a repetição da jogada na televisão revelou que o jogador português tinha sido mesmo derrubado em falta por Ledley King, numa lance que deveria ter proporcionado uma grande penalidade ao Manchester United.

Além deste lance, Alex Ferguson queixou-se ainda de, no jogo com o Newcastle, na passada quarta-feira, ter sido mostrado apenas cartão amarelo a Steven Taylor, numa entrada dura sobre Cristiano Ronaldo, numa lance em que o técnico escocês entende que deveria ter resultado na expulsão do jogador dos Magpies.

«É um alvo fácil para os árbitros, por ser o grande jogador que é. Quando joga fora de casa, todos os adeptos o vaiam e ele tem que aguentar. Mas isso não o ajuda», contou Ferguson ao canal de televisão do Manchester United.

Com apenas onze jogos para o final da liga, o técnico sabe que, se a equipa somar oito vitórias, tem garantido o seu 18º título no campeonato, igualando a marca detida pelo Liverpool. O clube de Old Trafford, ainda com um jogo em atraso, lidera a classificação com 65 pontos, mais sete do que o Chelsea e Liverpool, os mais directos perseguidores.