Manuel Machado, treinador do Nacional, comenta a derrota da sua equipa no Bonfim, neste domingo, na 24ª jornada da Liga:

«Parabéns ao V. Setúbal. Não se põe em causa a justiça de quem marca mais golos. Na primeira parte houve ambição de marcar, ambas tiveram dois ou três momentos para o fazer, e nós conseguimos concretizar um deles e ir a ganhar para o intervalo. No segundo tempo, tivemos controlo de jogo, posse de bola, mas cometemos dois erros e sofremos dois golos e o V. Setúbal foi mais eficaz.

[Sobre a Liga Europa] «Ainda não é hora de atirar a toalha ao chão, é matematicamente possível. Apesar de estar mais difícil, continua tudo em aberto.»

Do lado do V. Setúbal, nem o treinador nem os jogadores compareceram na sala de imprensa, por estarem em «blackout».